quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Após o velório das vítimas da chacina no Bom Jardim, Polícia prende 4 suspeitos



Armas que foram usadas nos assassinatos acabaram apreendidas durante a ação de agentes da Inteligência da PM


Além de armas, a Polícia apreendeu drogas e celulares com os quatro suspeitos

Uma operação da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP) órgão do Comando-Geral da PM, com o apoio do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), resultou, na tarde desta quarta-feira (22) na prisão de quatro pessoas suspeitas de envolvimento na chacina que deixou cinco mortos no bairro Bom Jardim. O crime ocorreu na noite da última segunda-feira (20).

A prisão de um dos envolvidos aconteceu logo após um deles eles ter participado do sepultamento do irmão, um jovem de 20 anos de idade que está entre as cinco vítimas da chacina. Francisco Álysson Lima, 22 anos, é irmão de Alan Lima dos Santos, que morreu na troca de tiros no Condomínio Residencial Leonel Brizola, no bairro Bom Jardim. Os dois irmãos teriam ido ao local com alguns comparsas matar traficantes rivais. Mas, no tiroteio dentro do apartamento, Alan foi baleado e morreu no hospital Frotinha de Messejana.

Inteligência

Agentes da CIP passaram a monitorar à distância (campana) o velório e sepultamento de Alan e acabaram abordando um ônibus que transportava os familiares dele de volta às suas residências, no bairro Barroso. No coletivo estava Álysson, que foi detido e revelou para os policiais onde estava parte das armas usadas na chacina, bem como, apontou o paradeiro de seus cúmplices.

Com esta informação, os agentes pediram o apoio do Gate e cercaram uma casa, onde dois homens e uma mulher foram presos com várias armas, entre pistolas e um revólver, além de munição. O arsenal vai ser encaminhado à Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

A Polícia também descobriu que a chacina teve como motivo uma “guerra” de quadrilhas de traficantes que envolve também membros das facções criminosas PCC e Comando Vermelho.

Mortos

Além do jovem Alan Lima dos Santos, morreram também durante o acerto de contas entre as gangues as seguintes pessoas: Leonardo de Sousa Lopes dos Santos, 17 anos; Jéfferson Badaró Gomes de Oliveira Carvalho, 23; o ex-soldado do Exército Brasileiro (EB), Francisco Max da Silva Ângelo, 19 anos; e a namorada dele, a jovem Valdirene Nascimento Ribeiro, 21 anos, usuária de drogas, mas que não possuía antecedentes criminais.

Mais três pessoas ficaram feridas e permanecem hospitalizadas, uma delas em estado grave. Já as pessoas detidas ontem foram encaminhadas à sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foram autuadas em flagrante. 

Por FERNANDO RIBEIRO 

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Secretário de Segurança manda alerta: “Hoje também não foi um belo dia pra vagabundo”




André Costa usa Facebook para mostrar operação no bairro Jurema, em Caucaia-CE

Secretário de Segurança manda alerta: “Hoje também não foi um belo dia pra vagabundo”
O secretário de Segurança do Ceará, André Costa, acordou cedo para participar da Operação Camarote, que aconteceu nesta quarta-feira (22), no bairro Jurema, em Caucaia. “Hoje também não foi um belo dia para vagabundo. Já que falaram que a polícia não entrava lá, como prometido, a gente foi”, disse o secretário.

A operação teve início às 4h e cumpriu mandados de busca e apreensão, com três presos, apreensão de armas e drogas, além de mais de R$ 70 mil em dinheiro.
Segundo André Costa, a ação contou com o apoio de mais de 220 policiais da PM (Choque, Canil, Raio, Gate, Ronda), policiais civis de vários distritos, bombeiros militares e peritos criminais, além das coordenações de Planejamento da SSPDS e CIOPAER, com um helicóptero dando apoio aéreo. “Todos fazendo um cerco nessa região, ninguém entra e ninguém sai, apenas estudante e trabalhador”, informou André pelo Facebook.

Curiosidade
Operação Camarote é uma menção aos traficantes que ficavam do sofá de casa vendendo droga, no bairro Jurema, em Caucaia.
Ainda na rede social, o secretária mandou um recado: “Malandragem recuada, Polícia pra cima”.

FONTE: CEARÁ NEWS

Draco desativa terceiro laboratório de fabricação de drogas e captura dois homens



Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), realizada na última sexta-feira (17), resultou na desativação de mais um laboratório de refino de drogas. É o terceiro local desativado pela especializada em menos de um mês. Dois homens foram presos e mais de 30 quilos de entorpecentes foram apreendidos.


Conforme o delegado Osmar Berto, titular da Draco, os policiais da especializada abortaram uma entrega que seria feita e capturaram Leonardo Rocha de Aragão (19), o “Léo”, sem antecedentes criminais, na Avenida Presidente Castelo Branco (Leste Oeste), na Barra do Ceará – Área Integrada de Segurança 01 (AIS 01) de Fortaleza. Com ele, foi apreendido cocaína. Após a prisão, os policiais foram até a residência de “Léo” e lá apreenderam uma pistola calibre 380, munições e uma balança de precisão.

Dando continuidade as investigações, os policiais chegaram até a pessoa de Antônio Marco Lopes Silva (30), sem antecedentes, que havia marcado uma entrega de drogas no estacionamento de um supermercado no bairro Maraponga. Com a prisão dele, os policiais chegaram até o laboratório que funcionava em Maracanaú (AIS 08).  Lá os policiais encontraram o crack ainda em formas.

No total, foram apreendidos 20,5 quilos de maconha, dez quilos de crack, cem gramas de cocaína, além de duas pistolas calibre 380, 32 munições de cal .40 e 380, apetrechos para fabricação e embalagem de drogas, uma balança de precisão e três veículos utilizados na entrega das drogas – sendo uma caminhonete montana de placas HYL 1134, um corola  de placas NUW 8887 e uma motocicleta Honda CG160 de placa PMM 8821.

Os presos foram encaminhados para a sede da Draco, onde foram autuados em flagrante por tráfico, associação para o tráfico de drogas, organização criminosa. “Léo” também foi autuado por porte e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e de uso restrito.

Terceiro laboratório em menos de um mês
Este é o terceiro laboratório de drogas fechado por policiais da Draco em menos de um mês. No último dia 14, os policiais desativaram um laboratório que funcionava na Rua 03 do bairro Angorá, em Itaitinga. No total, foram apreendidas 500 gramas de crack, 400 gramas de cocaína, 17kg de cafeína em pó (utilizado para a fabricação do crack), munições de calibre 38, uma balança de precisão e um veículo. Três pessoas foram presas.

Já no dia 23 de janeiro, os policiais fecharam o laboratório que funcionava na cidade de Acarape, na AIS 13. Na ocasião, três pessoas foram presas, e foram apreendidos 13,26 quilos de crack, cocaína e maconha, além de 20 quilos de mineíta (pó químico utilizado para desdobramento de cocaína e fabricação de crack), seis frascos contendo creatina, 24 frascos de bicarbonato de sódio, cinco balanças de precisão, uma prensa hidráulica, apetrechos utilizados no laboratório, como liquidificadores, peneiras, colheres e um rolo de papel alumínio, além dos três veículos que estavam com os presos.

FONTE: Ceará Agora

Quadrilha é caçada na divisa do Ceará com o Rio Grande do Norte após ataque a carro-forte em Aracati-CE



Carro-forte 3
Carro-forte 1
Carro-forte 2
O blindado da Brinks foi interceptado e explodido na BR-304, no Município de Aracati (CE)

As polícias do Ceará e Rio Grande do Norte trabalham juntas numa operação na divisa dos dois estados com o objetivo de localizar e prender uma quadrilha responsável por ataques a bancos e carros-fortes. A mais recente ação do grupo aconteceu na noite desta segunda-feira (20) na BR-304, no Município de Aracati (a 149Km de Fortaleza). 

A quadrilha, armada com fuzis e metralhadoras, atacou um carro-forte da empresa de segurança privada Brinks e explodiu o veículo após render os vigilantes e obrigá-lo a fugir do local desarmados.  O ataque interditou a rodovia federal que liga Aracati e Icapu´[i, no Ceará, à cidade de Mossoró (RN).

Conforme o relato da Polícia, os criminosos estavam armados com fuzis de calibres 7.62, 5.56, além de carabinas de calibre 12 e uma metralhadora antiaérea de calibre Ponto 50 (.50). Além disso, explosivos de alto poder de destruição foram utilizados para arrebentar o cofre do veículo onde estariam depositados malotes com o dinheiro. O carro-forte procedia de Mossoró com destino a Fortaleza.

Ataques
Este foi o primeiro ataque a carro-forte no Ceará neste ano. Contudo, 13 agências bancárias já foram assaltadas e a maioria sofreu explosões. O último assalto aconteceu contra a agência do Banco do Brasil da cidade de Saboeiro, na Região dos Inhamuns (a 456Km da Capital).

A Polícia suspeita de que o bando que interceptou o carro-forte nesta segunda-feira seja o mesmo que agiu de forma semelhante na semana passada em dois estado nordestinos. O primeiro, na rodovia que liga João Pessoa a Campina Grande, na Paraíba. O segundo, nas cercanias da cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Fortaleza foram enviados a Aracati para dar início às investigações em torno do caso. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

150 policiais participam de operação contra o tráfico de drogas em Sobral-CE



Ação policial teve início às 5h da manhã desta terça-feira (21). ( FOTO: Marcelino Júnior )
Cento e cinquenta policiais civis da região Norte do Ceará realizaram, logo nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (21), uma operação de busca e apreensão de armas e drogas no Residencial Nova Caiçara, na periferia de Sobral.

Além de civis, policiais militares da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) apoiaram a ação que teve a divisão em 37 equipes. Foram investigados 35 apartamentos do Residencial. O resultado da operação será contabilizado na Delegacia Regional de Sobral.

O titular da Delegacia Regional de Sobral, Otávio Coutinho, informou que a operação foi desencadeada por meio de denúncias dos próprios moradores, que afirmaram estar “cansados de tanta violência”.

O Residencial Nova Caiçara é um complexo com 3.336 apartamentos do Minha Casa Minha Vida, localizado na periferia da cidade. Conforme ainda Otávio Coutinho, há muita reclamação de tráfico de drogas e roubo que partindo do local.

Com informações do colaborador Marcelino Júnior

FONTE: DN

Chacina na periferia de Fortaleza-CE deixa cinco mortos e quatro feridos




undefined

Uma chacina foi registrada no começo da madrugada desta terça-feira (21) na zona Sul de Fortaleza. Cinco pessoas, sendo quatro homens e uma mulher, foram mortas a tiros e outras quatro ficaram feridas. O crime ocorreu no interior de uma residência localizada no bairro  Bom Jardim, na Área Integrada de Segurança Dois (AIS-2), no Território da Paz.

A informação inicial da Polícia dá conta de que dois bandidos armados desceram de um veículo e invadiram um dos apartamentos do Condomínio Popular Leonel Brizola, conhecido como “Carandiru”, localizado na esquina das ruas  Sargento Barbosa e Oscar Araripe.
Os assassinos, conforme testemunhas, estavam a bordo de um veículo EcoSport de placas HXH-8566 (CE), que foi encontrado abandonado, logo após o crime, no bairro Granja Lisboa.

Tiros
Um grupo de pessoas estava escondida no apartamento e seriam integrantes de uma quadrilha responsável pelo tráfico de drogas. Havia, ao menos, nove pessoas, sendo duas mulheres e sete homens no local, quando o imóvel foi invadido pelos assassinos, que já entraram atirando.

Quatro pessoas morreram no local e outra na Sala de Emergência da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro. Outros quatro feridos – três homens e uma segunda mulher – também foram levados para aquela unidade de Saúde e um dos baleados, em estado grave, foi transferido para o Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro).
Quatro pessoas suspeitas da chacina foram detidas durante a madrugada por policiais militares do 17º BPM (Conjunto Ceará) e encaminhadas ao plantão do 12º DP (Conjunto Ceará).

Os corpos foram removidos do local do crime para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e as identidades das vítimas ainda estão sendo checadas pelas equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
A Polícia suspeita de que a chacina tenha sido motivada por uma  “guerra” entre traficantes de drogas dos bairros Bom Jardim e Genibaú. 
Por FERNANDO RIBEIRO 
FONTE:TVJ1

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Marido espanca esposa grávida em Solonópole (CE) e bebê morre no útero da mãe


Um homem de 23 anos agrediu, na madrugada deste domingo, 19, no município de Solonópole, a sua esposa, uma mulher de 41 anos, natural de São Paulo. 

O nome de ambos não foi revelado pela Polícia Militar. Como resultado das agressões, a mulher precisou ser levada com urgência para o hospital, onde não foi possível salvar o feto, havendo aborto involuntário. 
 

Informada sobre o ocorrido, a polícia foi até a casa do acusado e o prendeu em flagrante. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado por homicídio e lesão corporal. A mulher não corre risco de morte em razão das agressões sofridas.
 
 

Itália prende brasileiras por tráfico humano e prostituição


Redação Ceará Agora
A polícia italiana prendeu três brasileiras acusadas de tráfico de seres humanos e favorecimento à prostituição, informaram as autoridades neste domingo (19) em um comunicado.

A prisão ocorreu durante o cumprimento de um mandado emitido pela justiça brasileira em caráter internacional. Através do Serviço de Cooperação Internacional da Polícia, as autoridades brasileiras informaram ao governo italiano sobre a atuação de um grupo com sede em Fortaleza, no Ceará, que agia no tráfico de seres humanos e no favorecimento à prostituição na Itália.
No Brasil, foram emitidos mandados contra 13 pessoas. Na Itália, esses mandados foram cumpridos pelas equipes de polícia de Brescia, Milão e Gorizia, contra três mulheres que são suspeitas de integrar o grupo.

FONTE: CEARA AGORA

Moradores de Califórnia em Quixada-CE vibram de alegria com chegada das águas após noite de chuva




Na manhã deste sábado, 18, moradores do Distrito de Califórnia, em Quixadá, correram até a passagem molhada, construída na entrada da localidade, para ver de perto a água passando sobre a estrutura e, claro, vibraram de alegria.

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia, choveu durante a madrugada 78.6 mm somente no açude Pedras Brancas, principal reservatório do município. O posto pluviométrico no Distrito de Tapuiará registrou 53 mm. No açude Cedro, reservatório centenário, a precipitação foi de 44.4 mm.

No vídeo a seguir, enviado ao Diário de Quixadá pela leitora Gilmara Alves é possível observar o momento de alegria do povo de Califórnia com a passagem da água. Confira.

Fonte: ERIVANDO LIMA/ Diario Quixada

Polícia segue nas investigações sobre assassinato de advogado. Caseiro e a mulher já confessaram o crime, mas caíram em contradições



Aldrin
O advogado teria sido assassinado na noite da última quarta-feira em seu sítio, em Aquiraz

Aldrin - caseiro
Caseiro confessou o crime e revelou onde havia ocultado o cadáver FOTO: DIÁRIO DO NORDESTE

Permanecem presos na carceragem da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Fortaleza, um caseiro e sua mulher, suspeitos de envolvimento no assassinato seguido de ocultação de cadáver do advogado cearense Aldrin Helânio Coelho Fonteles, que tinha 49 anos de idade. Nesta sexta-feira (17), o corpo dele foi encontrado em seu sítio, no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). 

“A história repassada pelos infratores é muito mal contada. São precisos mais esclarecimentos, mas já indícios e provas contra eles”, afirmou aos jornalistas, no local do crime, o novo diretor da DHPP, delegado Leonardo Barreto.  A Polícia chegou ao esclarecimento do fato após a família denunciar o desaparecimento do advogado.
Na versão contada pelo caseiro Antônio Rodrigo de Sousa, 35 anos; e sua mulher, Marina Ivone do Nascimento Menezes, 28 anos, houve um desentendimento deles com o patrão. Na noite de quarta-feira (15), o advogado teria chegado ao seu sítio, localizado no Loteamento Novo Iguape, por volta de 22h30 e começou a beber. Acabou se desentendendo com os empregados e teria partido para uma agressão física.

Cimentou
O advogado acabou sendo morto por estrangulamento e, ainda, teve uma corda amarrada ao pescoço. O caseiro tratou de fazer desaparecer o corpo do patrão. Colocou o cadáver no carro do advogado e saiu do sítio sem destino certo, mas acabou batendo o automóvel e retornou à propriedade, onde, junto com a mulher, jogou o corpo numa cacimba e o encobriu com terras e folhagens e, em seguida, cimentou a tampa da cacimba, localizada nos fundos do sítio.

Na quinta-feira, o advogado não retornou para casa nem apareceu em seu escritório para trabalhar. Na sexta-feira, o caso foi comunicado à Polícia. Inspetores do Departamento de Inteligência Policial (DIP), sob o comando do seu novo diretor, delegado Renê Andrade,   localizaram o carro de Aldrin no sítio. A equipe da DHPP foi acionada e passou a interrogar os empregados. Estes negaram o crime, mas caíram em várias contradições até que, por fim, confessaram o assassinato seguido de ocultação do corpo e mostraram onde o cadáver estava.

O casal foi encaminhado à DHPP e autuado em flagrante por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A Polícia, no entanto, afirma que ainda tem muitos pontos da história a serem esclarecidos e não descarta a hipótese de envolvimento de outras pessoas no assassinato. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

PRF descobre fraude na "Operação Carro Pipa". Golpistas usavam GPS para desviar rota e não entregar água nas cidades que aguardavam o abastecimento


PRF Pipa
Dois suspeitos foram detidos pela PRF, na madrugada desta sexta-feira, em Pedra Branca

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) descobriu na madrugada desta sexta-feira (17) um esquema de fraude praticada contra a "Operação Carro Pipa" no Sertão Central cearense. Durante fiscalização no quilômetro 155 da BR-020, no distrito de Cruzeta, em Pedra Branca, os agentes da PRF abordaram um veículo Polo Sedan com placas de Boa Viagem, ocupado pois dois homens, um de 29 e outro de 50 anos. 

Com a dupla foram descobertos três aparelhos de GPS, que deveriam estar sendo instalados em caminhões "pipa" credenciados no programa do Governo Federal.
Segundo a PRF, os equipamentos estavam ligados no veículo Polo, e os ocupantes do veículo - proprietários de caminhões "pipa" credenciados - estavam fraudando o programa, fazendo percursos simulados com os aparelhos de GPS em um carro pequeno, como se três caminhões estivessem rodando e realizando coleta e entrega de água no interior do Estado. 

Sem água
"Dessa forma, eles receberiam pelo serviço e pela quilometragem rodada, mas sem gastar óleo diesel de seus caminhões e, efetivamente, sem realizar o serviço de coleta e entrega de água de forma correta, deixando inúmeras pessoas necessitadas, no interior do estado, sem a água disponibilizada pelo programa", informa nota da PRF.
Além dos aparelhos de GPS, utilizados para controlar o serviço dos caminhões, também foram encontrados cartões de credenciamento dos veiculos que estavam sendo "simulados". Os acusados foram conduzidos à Delegacia Regional de Crateús, e autuados por crime de Estelionato, agravado por ser fraude contra os cofres públicos e a coletividade.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Suspeito de assalto a carro-forte sai do presídio para assumir cargo de vereador em Nova Russas-ce




Suspeito de assalto a carro-forte sai do presídio para assumir cargo de vereador em Nova Russas


O vereador Zé Roberto (PRTB) foi reeleito em 2016, com 621 votos. Após assumir o cargo, ele voltou ao presídio
Zé Roberto foi eleito com 621 votos

Um vereador do município de Nova Russas, a 250 quilômetros de Fortaleza, saiu do presídio para tomar posse no cargo público nesta quarta-feira (15). Após a solenidade de posse, José Roberto Alves da Costa (PRTB), conhecido como Zé Roberto, retornou ao presídio.

De acordo com a Justiça, José Roberto, que está em seu segundo mandato como vereador, é suspeito de participar de um assalto a carro-forte no dia 18 de novembro do ano passado, em Guaraciaba do Norte.

Segundo a polícia, ele teria sido um dos organizadores do crime. Na época, a polícia conseguiu localizar conversas no celular de um dos criminosos envolvendo o vereador. 
Muito além da Lava Jato: saiba quem é Aníbal Gomes, o deputado do Ceará investigado nos desvios da Petrobras
Além do vereador, o grupo criminoso era composto por dois cariocas, foragidos do sistema penitenciário, e dois cearenses. Os suspeitos foi autuado em flagrante e estão respondendo por associação criminosa.

O vereador do PRTB foi reeleito em 2016 com um total de 621 votos. O Tribuna do Ceará entrou em contato com a Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus) na manhã desta sexta-feira (17) para saber onde o vereador estaria no momento. No entanto, até a publicação desta matéria, não houve retorno.

Caso frequente
Esse não é um caso novo no Ceará. No município de Itapiúna (a 114 quilômetros de Fortaleza), o vereador Francisco Alberto Leite, o Albertin (PDT) deixou a cadeia municipal da cidade para tomar posse na Câmara no dia 17 de janeiro deste ano. O político, que estava preso por suspeita de homicídio, foi ovacionado por vários eleitores e cabos eleitorais quando saía do posto policial.

FONTE: uol

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Aos 78 anos, "vovozona do tráfico", é presa em Juazeiro do Norte, no Ceará




undefined

Conhecida como "vovozona do tráfico", uma senhora de 78 anos foi presa nesta terça-feira (15) em Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, durante operação cumprida em seis bairros da cidade. De acordo com a Polícia Militar, Joselita dos Santos já havia sido presa "pelo menos" outras quatro vezes.

A operação prendeu também suspeitos de homicídio e de estupro de vulnerável. Dos sete mandados expedidos, cinco resultaram em prisões, de acordo com o delegado responsável pela "Operação Juazeiro Seguro", Marcos Antônio dos Santos.
Segundo o delegado, esta foi a primeira fase de uma ação que vai continuar investigando suspeitos de tráfico e crimes violentos na cidade.

"A operação vai continuar, as diligências e outros inquéritos que já estão instaurados estão em andamento. Tão logo nós consigamos o deferimento das representações de mandado de prisão, nós vamos fazendo o desdobramento dessa operação", explica o delegado.
FONTE: TVJ1/G1

Mãe de preso morto em cadeia do Crato deve receber R$ 50 mil de indenização




undefined

A 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) determinou que o Estado pague R$ 50 mil de indenização para mãe de preso morto em cadeia pública do Município do Crato. O desembargador Paulo Francisco Banhos Ponte, relator do processo, destacou que “o fato, o dano e os demais elementos constituintes da responsabilidade civil encontram-se incontroversos”.

Conforme os autos, a vítima foi presa no dia 8 de junho de 2009 em virtude da ausência de pagamento de pensão alimentícia. No dia seguinte, foi encontrado morto na cela onde estava. Na declaração de óbito, o médico legista constatou sufocamento como a causa da morte.

A mãe do preso ingressou com ação de indenização contra o Estado. Alegou que o detento, que respondia por uma ação cível, estava recolhido junto com presos acusados de crimes graves. Em decorrência, sustentou ter havido negligência do Estado.
Na contestação, o ente público argumentou ausência de comprovação de culpa e responsabilidade de terceiro. Pediu também a suspensão da ação até a conclusão da investigação criminal.

Em 6 de novembro de 2012, o juiz José Flávio Bezerra Morais, da 4ª Vara do Crato, determinou o pagamento de R$ 50 mil, a título de danos morais. O magistrado entendeu ter ficado caracterizada “atuação deficiente do Estado”, pois não garantiu a integridade física e a própria vida do prisioneiro na cadeia.
Ainda segundo o juiz, ficou constatado o dever de reparação pela negligência do ente público como um todo, não importando os motivos da prisão.

Requerendo a reforma a decisão, o Estado ingressou com apelação (nº 0022571-55.2010.8.06.0071) no TJCE, mantendo as alegações apresentadas anteriormente. Também pediu, em caso de ter os pedidos negados, a redução do valor indenizatório.

Ao jugar o processo nessa segunda-feira (13/02), a 1ª Câmara de Direito Público confirmou a sentença. O desembargador Paulo Banhos Ponte salientou que a “responsabilidade pela morte do filho da autora, custodiado em cadeia pública, quer por débito alimentar, quer por infração à norma penal, é do Estado, sendo sim sua obrigação zelar pelos seus presos”.

Para o desembargador, a condenação “imposta em Primeiro Grau jamais revelará em pecúnia o valor perdido da autora, sendo abjeto dizer que se cuida de enriquecimento sem causa o pagamento de R$ 50.000,00 a título indenizatório por morte de um filho”.

FONTE: TVJ1



Traficante é executado com tiros de pistola nas costas quando era perseguido pelos assassinos


Campos Sales 1 Campos Sales 2
O traficante conhecido por "Bola" foi executado com vários tiros de pistola calibre 380 nas costas 

Mais uma execução sumária foi registrada na Região Sul do Ceará. No começo da manhã de quarta-feira (15), um homem apontado como chefe do tráfico de drogas na cidade de Campos Sales (a 531Km de Fortaleza), foi morto com vários tiros num provável “acerto de contas”. 

O assassinato ocorreu por volta de 7h30 nas proximidades do Terminal Rodoviário daquela cidade, quando Francisco Erivaldo da Silva, 37 anos, conhecido por “Bola”,  foi atingido por vários tiros no momento em que pilotava sua motocicleta.
Conforme testemunhas, os tiros foram disparados por dois homens que estavam em outra motocicleta e se aproximaram da vítima quando esta tentava fugir dos assassinos e era perseguida pelas ruas do Bairro do Poço.

Irmão morto
Conforme as primeiras informações colhidas pela Polícia no local do crime, os assassinos mataram o traficante com tiros de pistolas de calibre 380. Algumas cápsulas foram encontradas no local e recolhidas pela Perícia Forense.
A Polícia acredita que “Bola” tenha sido eliminado por conta de uma disputa de domínio de território da venda de drogas. Há cerca de três meses, um irmão dele foi morto nas mesmas circunstâncias na cidade de Floriano, no Interior do Piauí (PI). 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Tribunal de Justiça nega liberdade para padre acusado de pedofilia contra adolescentes em Juazeiro do Norte-CE


Padre preso
Padre Lenilson Laurindo da Silva está preso desde outubro de 2016

A Terceira  Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou, nesta terça-feira (14), liberdade para um  padre acusado de abusar sexualmente de adolescentes no Município de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri (a 528Km de Fortaleza.

“O magistrado, pautando-se pelos elementos informativos que denotam a materialidade e relevantes indícios de autoria delitiva, ponderou os riscos que a liberdade do paciente imporia à ordem pública, considerando os danos e desgastes psicológicos que poderiam acometer os adolescentes supostamente vítimas”, disse o relator do processo, desembargador Raimundo Nonato Silva Santos.
Segundo denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE), o padre Lenilson Laurindo da Silva, valendo-se de sua condição, vinha explorando sexualmente adolescentes. Para isso, oferecia dinheiro em troca de favores sexuais, bem como de estímulo à pratica de atos libidinosos e troca de material pornográfico. Os atos ilícitos do religioso ocorriam na casa de sua irmã.

Defesa
Ainda segundo o órgão ministerial, tanto os responsáveis pelos adolescentes, como as próprias vítimas denunciaram o caso. Por isso, o Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro do Norte decretou a prisão do sacerdote no dia 7 de outubro de 2016.
Ao ingressar com habeas corpus no TJCE, a defesa alegou que o juiz julgou antecipadamente o caso na formação de convencimento para a fundamentação da prisão. Disse que a prisão é injusta e abusiva, o que caracteriza constrangimento ilegal. Explicam que o padre é réu primário, possui residência fixa e ocupação lícita, e, por isso, não oferece riscos à sociedade.

Em parecer, o MPCE opinou pela denegação do pedido, sob o argumento de que a situação concreta justifica a decretação da prisão preventiva com fundamento na garantia da ordem pública e para assegurar a instrução criminal.

Constrangimento
Ao analisar o caso, a Terceira Câmara Criminal negou à unanimidade o pedido, acompanhando o voto do relator. “Conforme entendimento jurisprudencial consolidado pelo Superior Tribunal de Justiça, não há constrangimento ilegal quando a custódia cautelar encontrar-se fundamentada pela gravidade concreta do crime, o que comprometeria a ordem pública”, explicou.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Polícia Federal faz operação no Ceará contra tráfico de mulheres









undefined




A Polícia Federal deflagrou operação no Ceará  na manhã desta quarta-feira (15) contra um grupo criminoso internacional especializado em tráfico de pessoas para fins de exploração sexual. As vítimas eram levadas de Fortaleza para a Itália e Eslovênia. Estão sendo cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, 13 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 18 mandados de condução coercitiva, todos expedidos pela 32ª Vara da Justiça Federal no Ceará.

Em Fortaleza, durante a operação, agentes estiveram em um prédio na Avenida Historiador Raimundo Girão, na Praia de Iracema. A PF também cumpriu mandado de prisão na Praia do Cumbuco, em Caucaia, na Grande Fortaleza.

A rede criminosa, segundo a PF, é composta por aliciadores, responsáveis pelo recrutamento, transporte, viagens para o exterior, acolhimento, alojamento e exploração sexual de vítimas (mulheres) nos países de destino.

Foram mobilizados 92 policiais federais no Brasil para cumprir os mandados no Ceará, Bahia, Minas Gerais e São Paulo, contando ainda com a participação de autoridades policiais da Itália e Eslovênia, acionadas pelos canais de cooperação internacional (Interpol e Adidância da Polícia Federal em Roma).

O crime de tráfico internacional de pessoas com a finalidade de exploração sexual trata de grave violação de direitos humanos, considerando a situação de vulnerabilidade das vítimas, que muitas vezes, iludidas pelos aliciadores, mediante fraude, são levadas a países da Europa e submetidas à condição degradante.

Os presos serão indiciados por crime de tráfico internacional de pessoas para fins de exploração sexual, associação criminosa e lavagem de dinheiro, com pena prevista de até 25 anos de reclusão.

A operação foi batizada de “Marguerita” em alusão ao nome da principal boate (Margerita) na Eslovênia onde se exploravam sexualmente as vítimas.

FONTE: TVJ1

Deputada Fernanda Pessoa afirma que Ceará vive estado de calamidade na Segurança Pública



Fernanda Pessoa 2
Deputada citou as cidades que foram sitiadas por quadrilhas armadas e os bancos explodidos

“Estamos vivendo uma calamidade na violência. O estado precisa apresentar um plano de emergência para a Segurança Pública e aumentar e qualificar o efetivo policial.  Do contrário, não haverá mudanças. E onde vamos parar?" 

A declaração é da deputada estadual Fernanda Pessoa (PR) ao ocupar, na manhã desta terça-feira (14), a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Num discurso veemente e recheado de dados estatísticos, a parlamentar republicana foi enfática ao expor o quadro de insegurança em todo o estado, especialmente no Interior, onde quadrilhas armadas sitiam pequenas cidades para atacar as agências bancárias.
Segundo a deputada, a população do Interior cearense virou refém da bandidagem armada e não tem mais segurança. Conforme seus dados estatísticos, os ataques a bancos têm se repetido de forma contundente no interior, deixando a população temerosa e a economia sendo atingida, já que as agências acabam ficando destruídas com as explosões de caixas.

Cinematográficas
“A população então tem que ir a uma cidade mais próxima realizar as operações de banco e lá mesmo faz suas compras, deixando de fazer na sua cidade e isto prejudica o comércio local”, explica, citando as cidades que, neste ano, foram alvo das quadrilhas:  Milhã, Itaiçaba, Tarrafas (em janeiro), Aiuaba, Missão Velha, Itarema, Juazeiro do Norte, Sobral, Tejuçuoca, Barbalha e Tamboril (em fevereiro).
Ainda na tribuna, a deputada facultou a palavra ao colega deputado Roberto Mesquita (PSD), que também denunciou o quadro da insegurança em várias cidades interioranas -  citando os Municípios de Pentecoste, Apuiarés e Amontada - onde, segundo ele, “as ações cinematográficas” de quadrilhas armadas têm deixado a população apavorada.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Polícia pernambucana prende o chefe da quadrilha que atacou a cidade de Missão Velha-CE e explodiu duas agências bancárias



Alessandro - Unga
O criminoso comanda uma quadrilha interestadual e é foragido da Justiça pernambucana

A Polícia Militar pernambucana informou ter capturado, ontem (14), no Interior daquele estado, um bandido apontado como chefe da quadrilha que atacou a cidade de Missão Velha, na Região Sul do Ceará (a 521Km de Fortaleza), e explodiu duas agências bancárias.  O crime ocorreu na madrugada do último dia 3. 

O assaltante pernambucano Alessandro Pessoa dos Santos Mendonça Cornélio, conhecido por “Unga”, foi preso num cerco da Polícia de Pernambuco a uma fazenda na zona rural do Município de Belém do São Francisco, no conhecido “Polígono da Maconha”.  O bandido estava escondido ali desde a última sexta-feira (10), quando conseguiu fugir do Ceará levando um refém que foi obrigado a deixá-lo na cidade de Salgueiro (PE).

Conforme a Polícia, “Unga” é o bandido que chefiou a quadrilha durante o ataque na madrugada do dia 3, quando, de forma simultânea, os ladrões assaltaram as agências do Bradesco e Banco do Brasil. Na fuga, os criminosos abandonaram um veículo modelo Traiblazer, branco, no Distrito de Jamacaru, na zona rural de Missão Velha, e se embrenharam na mata e seguiram em direção à Floresta Nacional do Araripe, já no Município de Barbalha (a 538Km de Fortaleza) e ali permaneceram escondidos durante vários dias.

No carro abandonado, a Polícia Militar encontrou parte do dinheiro roubado da agência do BB (em torno de R$ 700 mil), além de fuzis, pistolas e artefatos explosivos. Dois dias depois, em outras buscas, foram encontradas mais armas e roupas camufladas usadas pelo bando.

Detidos
Além de identificar Alessandro Pessoa dos Santos Cornélio como o chefe da quadrilha, a Polícia deteve dois suspeitos de participação nos ataques aos bancos: o vigilante Nadeilson Wisardi dos Santos, 35 anos, pernambucano, natural de Salgueiro; e um jovem que alegou ter sido mantido como refém dos ladrões. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Homem é preso por suspeita de abusar sexualmente de duas netas




Foi encaminhado para o Centro de Triagem Cotel em Abreu e Lima o pedreiro de 62 anos de idade, suspeito de abusar sexualmente das duas netas menores de idade. De acordo com a polícia, as meninas que tem 14 e 9 anos já estavam sendo abusadas pelo avô paterno há alguns anos. Ainda segundo a polícia, o idoso levava as crianças para a casa dele na cidade de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife com a desculpa de que precisava delas para ajudar a avó nas tarefas domésticas.
Ouça a reportagem de Juliana Oliveira:
Além das netas o pedreiro também é suspeito de estuprar uma outra garota também menor de idade que é amiga e vizinha das netas dele. O delegado Ivaldo Pereira, da Seccional de Paulista, relata que chegou até o homem após um parente do idoso ter gravado uma conversa por celular onde o pedreiro assumia o ato.
O pedreiro foi autuado por força de mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro de vulnerável. Caso condenado ele poderá cumprir até quinze anos de reclusão.

FONTE: uol

Mulher contrata homem para matá-la, leva calote e entra na Justiça


Uma mulher do Distrito Federal entrou na Justiça contra um homem que contratou para matá-la, mas não cumpriu o acordo. O juiz 4ª Vara Cível de Taguatinga considerou improcedente o pedido da autora da ação.

A mulher disse à Justiça que após vários anos de trabalho desenvolveu uma doença psiquiátrica "com quadro depressivo-ansioso crônico com aspecto suicida". Após várias tentativas frustradas de suicídio, ela decidiu contratar uma pessoa para matá-la.



Como pagamento, a mulher entregou vários objetos e o próprio carro ao réu, que foi transferido a ele por procuração. Segundo ela, o homem não cumpriu a sua parte no acordo e deixou de atender ligações telefônicas após receber o veículo com os documentos.

Caso de justiça
A mulher falou que chegou a procurar a polícia, mas o homem negou. Ela decidiu entrar na Justiça para processá-lo por não fazer o serviço e para pedir a devolução dos bens.
A Justiça realizou audiência de tentativa de conciliação entre ela e o acusado, mas sem acordo. Para o juiz, a mulher apresentou contradições quanto ao "pacto macabro".

O magistrado julgou improcedente o processo, pois a transferência do carro não comprova a contratação do homem como matador de aluguel. Segundo o juiz, é nulo o negócio jurídico quando for "impossível ou indeterminado o seu objeto, e o motivo determinante, comum a ambas as partes, for ilícito."

FONTE: DN

JAGUARIBARA-CE PRISÃO POR RECEPTAÇÃO DE VEÍCULO ROUBADO



Ontem dia 13 02 2017  por volta das 12h00 min, as composições das viatura CP-1383, comandada pelos  PMs  e com o apoio do FTA de Jaguaribe,  quando receberam uma denúncia de que um indivíduo de nome MÁRCIO GLEINE DA SILVA, 30 anos  , natural de Morada Nova-CE, residente na Rua Major Diógenes, bairro Mutirão, Jaguaribara-CE, era proprietário de uma oficina mecânica situada na Avenida Vereador Sobrinho, centro de Jaguaribara e que o mesmo estaria trafegando em um veículo roubado. 
 
 
 Prontamente as composições realizaram diligências, onde localizaram e abordaram um RENAUT DUSTER 16D 4x2, cor preta, de placas OIQ-7940, que tinha como condutor o proprietário da oficina supracitada. Durante a abordagem, o policiamento solicitou a documentação do referido veículo, onde percebeu-se que o chassi constado no documento  era diferente do chassi gravado no veículo. Prontamente foi dado voz de prisão ao indivíduo, onde foi conduzido à DRPC de Jaguaribe-CE para a realização dos procedimentos cabíveis.

FONTE: Blog Erivando Lima

Quadrilha invade fazenda e faz reféns em Ibicuitinga-CE. Um bandido acabou morto durante tiroteio



Cotar 2
Equipes do Cotar estão na região nas buscas aos criminosos que atacaram a fazenda

Cotar 3
Armas da quadrilha foram apreendidas durante a operação policial no Distrito de Currais

Uma família inteira virou refém de bandidos na noite desta segunda-feira (13), na zona rural do Município de Ibicuitinga, na região do Sertão Central do Ceará (a 190Km de Fortaleza).  O bando armado invadiu a propriedade rural por volta de 19 horas, mas houve reação por parte de moradores. Em meio a um tiroteio, um dos criminosos acabou morto.
A fazenda, localizada no Distrito de Currais, zona rural de Ibicuitinga, foi cercada pela Polícia Militar. Patrulhas da Força Tática de Apoio (FTA) do 9º BPM (Quixadá) e do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque),  fizeram buscas na região e acabaram prendendo parte da quadrilha.
Segundo apurou a Polícia, a quadrilha era formada por, ao menos, cinco bandidos armados com pistolas e escopetas. Eles teriam invadido o local e feito reféns na hora da fuga.

Armamento
Segundo o Comando do Policiamento Especializado, as equipes conseguiram prender integrantes do bando, que junto com as armas apreendidas, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Russas (a 163Km de Fortaleza), onde foram lavrados os procedimentos de prisão em flagrante.
Nenhum dos reféns ficou ferido e o corpo do bandido morto durante o ataque foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) na cidade de Quixeramobim. A identificação do assaltante não foi revelada. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Quadrilha ataca cidade de Redenção-CE, mas não consegue invadir agência do Bradesco e desiste do assalto



Redenção 4
Policiais militares já estão em Redenção nas buscas aos assaltantes de bancos 

Uma quadrilha armada tentou praticar mais um ataque a banco no Interior do Estado, na madrugada desta terça-feira (14). O crime ocorreu na cidade de Redenção, na Região do Maciço de Baturité (a 52Km de Fortaleza). 

Era por volta de 4h30 quando cerca de 10 homens chegaram  em Redenção em dois automóveis e algumas motocicletas. O alvo dos criminosos era a agência do Bradesco, onde eles pretendiam colocar explosivos e destruir os caicas eletrônicos. No entanto, não conseguiram abrir os portões de ferro de acesso à porta principal do prédio.

Como houve demora no ataque, os ladrões decidiram  fugir, mas antes fizeram alguns  reféns e na fuga incendiaram os dois veículos numa estrada,

Militares  já estão na região do Maciço de Baturité na caça aos assaltantes. A Polícia suspeita que os criminosos sejam da região.
Equipes da Força Tática de Apoio (FTA) do 4º BPM (Canindé) e do Comando Tático Rural (Cotar) foram mobilizadas para montar o cerco na região para deter os criminosos. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Morre tenente Rejane, uma das primeiras mulheres da PM a integrar as forças especiais da Corporação



Rejane - PM 2
Rejane foi a primeira PM feminina a concluir o curso de habilitação para ingressar no BPRaio

O Comando da Polícia Militar do Ceará  comunicou na manhã desta terça-feira (14), o falecimento da oficial  tenente Rejane Peres Moreira, 44 anos, destacada no Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). 

A oficial  estava internada há vários dias no Hospital Geral Doutor César Cals, em Fortaleza, para tratar de um câncer, mas não resistiu à enfermidade, vindo á óbito nas primeiras horas da madrugada de hoje.
O velório da oficial está sendo realizado na sede da Caixa Beneficente dos Militares do Ceará (Cabemce), situada na Avenida do Imperador, Centro. O sepultamento ocorrerá às 16 horas no Cemitério de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Primeira
A tenente Rejane foi a primeira mulher (policial militar feminina) a concluir o curso de preparação e qualificação para o Batalhão Raio. Também integrou a tropa da Força Nacional de Segurança (FNS) e esteve mobilizada no efetivo que realizou a segurança das Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro, sob o comando do coronel PM cearense Aginaldo de Oliveira.
A oficial deixou um marco na história da PM cearense, sendo uma das primeiras mulheres a integrar as forças especiais (tropa de elite) da Corporação. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Balanço parcial do fim de semana registra 26 mortes violentas no Ceará



Serrinha
No bairro da Serrinha, o corpo de um jovem foi encontrado com marcas de violência

Caucaia - Guarda Morto
Em Caucaia, o guarda municipal aposentado, Ivan César Ferreira Lopes, 67, foi morto em casa

Vinte e seis pessoas morreram de forma violenta durante o fim de semana em todo o Estado do Ceará. O balanço ainda é parcial aponta o registro de 20 assassinatos e mais seis mortes decorrentes de acidentes de trânsito. 

Em Fortaleza, apenas quatro casos de homicídios foram registrados entre a sexta-feira (10) e o começo da madrugada de domingo (12). Os crimes ocorreram nos bairros Granja Lisboa, Pirambu, Serrinha  e Passaré.

Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram registrados quatro assassinatos, sendo dois casos em Maracanaú, um em Caucaia e outro no Município de Pacatuba.
No Interior Norte do estado, a Polícia registrou oito casos de homicídios nos seguintes Municípios: Sobral, Tejuçuoca, Ipu, Umirim, Massapê, Barreira e Acarape (2 casos)
Já no Interior Sul, foram somente quatro casos: em Juazeiro do Norte, Iguatu, Pereiro e Iguatu.

Acidentes
Seis pessoas morreram vítimas de ferimentos decorrentes de acidentes de trânsito nos Municípios de Milhã, Missão Velha, Salitre, Massapê e Senador Pompeu (2 vítimas).

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Casa de pai que matou filhas de 3 e 7 anos é incendiada em Contagem-BH



Homem cortou os pescoços das crianças por não aceitar fim de relacionamento com a mãe das vítimas; após os crimes, agressor se jogou na frente de uma carreta e morreu


Após o pai matar as próprias filhas de 3 e 7 anos, a casa em que os crimes aconteceram em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi incendiada por moradores da região, que se revoltaram com o duplo homicídio. Até a manhã desta segunda-feira (13), os corpos das crianças e do pai, que se matou, estavam no Instituto Médico Legal (IML) da capital.

A tragédia aconteceu nesse domingo (12), quando as pequenas Eduarda Gomes Carvalho e a caçula Luísa Gomes Carvalho foram passar o dia com Eduardo Carvalho Campos, de 36. Ele e a mãe das garotas estavam separadas há cinco meses, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento.

“A mãe veio buscar as meninas às 15h. Ainda no portão, com uma faca nas mãos, ele puxou a ex-mulher para dentro da casa, mas ela conseguiu se soltar e correr para pedir ajuda. Ao retornar, não encontrou mais o Eduardo em casa, e as meninas já estavam feridas em cima da cama”, disse uma vizinha, sob anonimato.
FOTO: FACEBOOK / REPRODUÇÃO
homicídios
Luísa e Eduarda foram passar o dia com o pai
As vítimas foram socorridas para a Unidade de Pronto Atendimento (UP) , mas não resistiram aos ferimentos. Para os vizinhos, Campos, que era considerado uma pessoa fria, premeditou o duplo o homicídio. O agressor morreu após ser jogar na frente de uma carreta na BR-381, também em Contagem.

Ainda não há informações sobre os velórios e sepultamentos dos três. Amigos informaram à reportagem de O TEMPO que, muito abalada, a mãe não comentaria o caso. Já um dos irmãos de Campos, se limitou a dizer que não acreditava que o homem teria a coragem de fazer isso com as filhas.

Facebook
Em um ato de desespero, a mãe das crianças postou no Facebook a foto do ex-marido morto após o atropelamento com a seguinte mensagem: “E do q adianto depois do q ele fez com elas” (sic). 

Até o início da tarde, a publicação tinha mais de 40 compartilhamentos e várias mensagens de apoio à mãe das garotas.

De acordo com moradores da rua Dezesseis, antes da separação, o casal morava há mais de cinco anos na casa que foi incendiada. A mãe das meninas é manicure, e o homem chegou a trabalhar como auxiliar de produção. Atualmente, ele fazia viagens, mas os vizinhos não souberam informar qual era a sua profissão.
Campos chegou da última viagem na sexta-feira (10). 

“Nem o capeta faz isso”, diz vizinho
Segundo vizinhos, antes da separação, há cinco meses, o relacionamento do casal era marcado por brigas. “No Natal de 2015, ele tentou matar a mulher. Foi um absurdo o que ele fez que com as filhas. Nem o capeta faz isso”, disse o pedreiro Jonathan Silva, de 28 anos.

Ainda conforme o pedreiro, Campos era carinhoso com as filhas e chegou a dizer, há cerca de um mês, que “já estava em outra”. “Ele levava as meninas para a loja de açaí, carrega e dizia que queria cuidar das crianças. No últimos dias, ele estava com o semblante diferente, parecendo que estava planejando alguma coisa”, contou o jovem. 

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, três boletins de ocorrência foram registrados pela mãe das crianças contra o, até então, marido.  O primeiro foi em 2010 por vias de fato. Um ano depois, a mulher denunciou o companheiro por tentativa de homicídio após ele usar uma tesoura para perfurá-la. O último foi em 2015 por ameaça. Na ocasião, Campos trancou a mulher em casa e colocou fogo nas roupas dela.

Mesmo com a morte do homem, um inquérito foi aberto para investigar o caso.


FONTE: super noticia