quinta-feira, 30 de março de 2017

Preso no Paraná bandido do PCC envolvido no furto milionário no Banco Central de Fortaleza, em 2005




BC Preso no Paraná
Gean Ricardo Galean, preso em Borrazópolis/PR FOTO: site Borrazópolis Notícias

Doze anos após o registro do maior furto a banco na história do País, a Polícia consegue prender um dos envolvidos no crime. Nesta quarta-feira (29), as autoridades cearenses receberam da Polícia do Paraná a informação da prisão do assaltante e foragido da Justiça, Jean Ricardo Galean, 39. Ele foi um dos principais integrantes da quadrilha que furtou da sede do Banco Central, em Fortaleza, nada menos, que 164.755.150,00  (164,7 milhões), em agosto de 2005. 

A captura do bandido ocorreu no Interior do Paraná. Uma operação de rotina da Polícia Militar culminou na abordagem a uma caminhoneta importada, blindada, onde havia três pessoas. Um casal foi detido e apresentou seus documentos, sendo liberado. No entanto, o homem que acompanhava o casal teria apresentado uma cédula de identidade verdadeira, mas pertencente a um irmão. A prisão aconteceu na cidade de Borrazópolis (a 286Km de Curitiba)
Nas investigações feitas pela Polícia, logo veio a descoberta de que o homem detido era caçado pela Justiça. Contra Jean Ricardo Galean havia, ao menos, quatro mandados de prisão em aberto. Um deles, por conta de seu envolvimento no furto ao Banco Central em Fortaleza, há 12 anos.

A prisão do bandido foi realizada numa operação que era realizada por policiais militares  do 10º Batalhão da PM paranaense, sediado em Apucarana, com o apoio da 6ª Companhia Independente da cidade de Ivaporã e o Destacamento policial de Borrazópolis.

Condenado
Com contas a ajustar com a Justiça Federal no Ceará e com as autoridades do Paraná, o bandido foi transferido, ontem, para Curitiba, mas poderá ser trazido para Fortaleza.
Galean foi condenado, inicialmente, a uma pena de 40 anos e seis meses de prisão. No entanto, em 2012, a pena foi reduzida para oito anos e seis meses. Segundo a investigação, o bandido é membro da organização criminosa  Primeiro Comando da Capital (PCC).

Conforme as investigações da Polícia Federal, Galean teria participado diretamente das escavações do túnel que deu acesso ao caixa-forte do BC, no Centro da cidade,  entre a noite do 9 (sexta-feira) e a madrugada do dia 10 (sábado) de agosto de 2005. O furto milionário, porém, somente foi descoberto pelos funcionários do banco na manhã do dia 12 (segunda-feira) quando estes chegaram para dar início ao expediente. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Soldado vítima de acidente recebe do Comando-Geral da PM cadeiras de rodas especiais para sua recuperação




Cel Adriano
Comandante-geral-adjunto, Cel. Adriano Soares, fez a entrega dos equipamentos

A Polícia Militar do Estado do Ceará, representada pelo comandante-geral-adjunto, coronel Adriano Soares, esteve, nesta quarta-feira (29), na Divisão de Fisioterapia do Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar para entregar duas cadeiras de rodas especiais ao soldado PM Alessandro de Jesus Cordeiro, que, após sofrer um acidente de motocicleta, perdeu parte dos movimentos do corpo, sendo diagnosticado com hemiplegia (trata-se de um tipo de paralisia cerebral em que o paciente fica com um lado do corpo paralisado e bastante debilitado). 

Os equipamentos foram  obtidos através de uma parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL-Fortaleza) e  a PMCE, por iniciativa do coronel-comandante-geral Ronaldo Viana. De acordo com a coordenadora da Divisão de Fisioterapia - HJMA, Ângela Araújo, o policial responde bem ao tratamento, feito três vezes por semana, e existem grandes expectativas na evolução do quadro clínico. O tratamento é  acompanhado por fisioterapeutas, fonoaudiólogos e psicólogos. Também é disponibilizado pela Coordenadoria de Saúde e Assistência Social - CSAS da Polícia Militar, uma ambulância para transportá-lo.

Polícia humana
Roberta Kelly, esposa de Alessandro, agradeceu ao gesto e disse que a chegada das cadeiras de rodas representa uma melhora significativa no processo de reabilitação do marido. “O tratamento frequente vai melhorar bastante a nossa vida”, afirmou Roberta.
De acordo com o coronel Adriano, a Polícia Militar, no Comando do coronel Viana, tem buscado essa aproximação com a tropa, seja durante o serviço operacional ou em assistência, como no caso do soldado.“Aos poucos estamos tentando essa aproximação com a tropa e seus familiares para formarmos uma polícia mais humana”, disse o comandante-geral-adjunto.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social/Polícia Militar da Ceará/ FERNANDO RIBEIRO

Assassinatos "explodem" no Ceará no mês de março e secretário atribui ao aumento das ações policiais




Intermitente piscando 2
Acaracuzinho 2
Execuções sumárias ocorrem todos os dias na periferia de Fortaleza e na zona metropolitana

Entre os dias 1º e 28 de março, nada menos, que 314 pessoas foram assassinadas em todo o Ceará. O número de homicídios neste mês fez explodirem as estatísticas do governo do Estado em relação aos Crimes Violentos, Letais e Intencionais, os CVLIs. Somente na Capital, 139 pessoas foram mortas no período, contra 123 em janeiro e 90 em fevereiro.  No acumulado do ano, o Ceará já registrou neste intervalo 932 homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. 

Em declarações à Imprensa nesta quarta-feira (29), o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, delegado federal André Costa, admitiu a elevação dos índices de mortes violentas e atribuiu o fato à “intensificação do combate à criminalidade pela Polícia em áreas violentas e dominadas por grupos criminosos”.
Segundo a interpretação de André Costa, a intensificação das operações policiais nas áreas até então  ocupadas pelas facções teria feito os bandidos migrarem para outros locais e, consequentemente, entrarem em conflito com os que já dominavam o local, gerando os confrontos e mortes violentas.

Números
Em 28 dias de março, além dos 139 assassinatos na Capital, foram registrados também 66 homicídios na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 45 na  região Interior Norte e 64 no Interior Sul, totalizando, portanto, 314 homicídios. 

Em março de 2016, a SSPDS contabilizou no mês (inteiro 31 dias), 316 CVLIs. Neste mês, faltando ainda os registros dos dias 29, 30 e 31, o número final certamente irá superar o do ano passado, acarretando um aumento nas taxas oficiais de homicídios no Ceará pela segunda vez em 2017.

Em janeiro último, foram contabilizados pelo governo 349 assassinatos no Ceará, contra 323 em 2016, uma elevação da ordem de oito por cento.
Já em fevereiro último, foram registrados 269 homicídios, contra 297 no ano passado, o que representou um declínio de 9,4 por cento. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

quarta-feira, 29 de março de 2017

SÃO JOÃO DO JAGUARIBE-CE PRISÃO POR TRÁFICO DE DROGAS, APREENSÃO DE ARMAS DE FOGO, MUNIÇÕES, COLETES BALÍSTICOS E APREENSÃO DE VEÍCULOS E DE VÁRIOS OUTROS OBJETOS ROUBADOS




 
 
O FATO ACONTECEU ONTEM  28/03/2017 (Terça feira), por volta das 06h00, na localidade de sítio Bom Jesus, nas proximidades da localidade de Vázea Alegre, zona rural de São João do Jaguaribe, por ocasião de uma operação tendo á frente o FTA de Limoeiro, sob o comando do MAJ.R. MENEZES – CMT da 4ª CIA/1°BPM, foram presas e apreendida respectivamente, as seguintes pessoas: JOSÉ WELINGTON JUSTINO SOUSA, 21 anos, amasiado, operador de máquinas, natural de Fortaleza/Ce, residente na referida localidade, e ainda sua companheira a pessoa de JÉSSICA CHAVES SILVA, nascido em 25/07/1997, amasiada, sem profissão definida, natural de São João do Jaguaribe/Ce,  também residente na referida localidade, e ainda a menor M J R S ( M.J.R.S), amasiada, sem profissão definida, natural de São João do Jaguaribe/Ce, residente na rua Daniel Rodrígues, numero  centro de São João do Jaguaribe/Ce, natural de Limoeiro do Norte/Ce. Vale ressaltar que as três pessoas presas, são integrantes de uma quadrilha que vem aterrorisando aquele município, e municípios circunvizinhos, com práticas de roubos, homicídios, extorsões, dentre outros crimes, quadrilha essa que tem como lideres os foragidos da justiça conhecidos por  SILVIO LENO e EDSON( VULGO LOURIM), dentre outros criminosos. Na residência em que o trio foi localizado e que era uma das bases da quadrrilha, foram apreendidos os seguintes materiais, ARMAS: 01 (um) revólver TAURUS, cal. 38, capacidade para 06 (seis) cartuchos, oxidado, contendo 05 (cinco) cartuchos intactos e 01 (um) deflagrado; 01 (um) revólver TAURUS, cal.38, capacidade para 06 (seis) cartuchos, oxidado, contendo 05 (cinco) cartuchos intactos; 01 (uma) espigarda cal.12, de repetição, marca BOITO, capacidade para 07 (sete) cartuchos,  totalmente municiada. Foram ainda apreendidos, um total de 46 (quarenta e seis) cartuchos da marca CBC intactos, e 02 (dois) coletes balísticos, sendo um de nível II e um de nível III, sem identificação. Também foram apreendidos, 13 (treze) aparelhos celulares, sendo 01 LG IMEI 1 :359436064100608, IMEI 2: 359436064100616, um celular LG IMEI 1:35490404635985, IMEI 2:35490404635986, um LG IMEI 1:356116060758921, IMEI 2:356116060758939, um LG IMEI 352636062332585. Um celular SAMSUNG IMEI 1:356447057061965, IMEI 2:35644805761963, um NOKIA IMEI 359998051718742, um NOKIA IMEI 1:355940056343484, IMEI 2:355940056343492, um LG IMEI 1:357535056691516, IMEI 2:357535056691524, um LG IMEI 1:353187081952630, IMEI 2:353181081952648, um NOKIA IMEI 1:353037062609248, IMEI 2:353037062609255, um MOX IMEI 351632040032273, IMEI 2:351632040072675, um NOKIA IMEI;358263030915583, LG IMEI 1:357719071375178, IMEI 2:357719071375186. 01 (uma) motocicleta HONDA CG 150/FAN ESDI, de cor Vermelha, de placa OSN-7889, com queixa de roubo; uma motocicleta HONDA CG 150 TITAN ES, de cor Prata, de placa HWX-4953; uma motocicleta HONDA TORNADO, de cores Preta e Verde, sem placa e com numeração de chassi suprimida. Mais ainda 12 (doze) papelotes de cocaína pesando 10 gramas, 02 (dois) papelotes de maconha pesando 05 gramas, 155 peças de cama, mesa, banho e roupas masculinas e femininas. 01 cartão de crédito da administradora Bradesco, de Grande quantidade de produtos de limpeza e higiene pessoal, entre detergentes, sabonete, 22 pacotes de fraldas descatáveis, sabão, agua sanitária e etc. 10 (dez) bonés, de cores variadas, uma fonte elétrica, um Play Station, um armário pequeno para banheiro, 05 (cinco) jaquetas de cores variadas, um par de luvas de cor preta, 02 balaclavas de cor preta, R$ 44,60 (quarenta e quatro reais e sessenta centavos) em espécie, 02 balanças de precisão, um forno microondas,  01 som automotivo da marca ROADSTAR, diversas caixas de cremogema, 07 capacetes. Convém ressaltar que, grande parte do material apreendido, é fruto de varios assaltos praticado pela quadrilha nos últimos dias, nas imediações da localidade em que o trio foi preso. Participaram da operação,  Após o final da operação, todo o material e os envolvidos no delito, foram encaminhados para a DPC de Russas-CE, onde foram realizados os procedimentos legais, por infrações aos art. 180 do CPB, art.288 do CPB, art.144b da Lei 5089, art.12, da Lei 10826 e art.33, da Lei 11343 (Lei de Entorpecentes).   

FONTE: BLOG ERIVANDO LIMA

Estado é condenado a pagar R$ 100 mil à família de detento que morreu em presídio




 

O detento cumpria pena na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (Pirc). Relator do processo considerou que ele sofreu lesões e compete ao Estado do Ceará promover a segurança e zelar pela integridade dos custodiados

 

 
A 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) manteve decisão de 1º Grau condenando o Estado do Ceará a pagar R$ 100 mil à família de um detento que morreu em presídio do Cariri. A decisão sobre a indenização por danos morais e materiais foi proferida nessa segunda-feira, 27.
Carlos Roberto Pereira Abel cumpria pena na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (Pirc) desde o dia 27 de outubro de 2007. Em 30 de julho de 2008, ele foi encontrado morto dentro da cela, com um cordão pendurado no pescoço, de acordo com os autos. 

A família dele então ajuizou ação contra o Estado requerendo indenização por danos morais e materiais, alegando omissão do ente público em evitar as agressões contra o detento.
O estado contestou alegando que o homem cometeu suicídio, o que configuraria “culpa exclusiva da vítima”. Além disso, sustentou que se houve homicídio, “nenhum agente público foi o responsável”. 

O Juízo da 1ª Vara Cível da Comarca de Juazeiro do Norte condenou o Estado a pagar R$ 100 mil a título de danos morais e materiais aos familiares, de acordo com o TJCE. O ente público apelou com as mesmas informações da contestação, mas o recurso foi agora negado pelo Colegiado da 1ª Câmara de Direito Público.
O relator do processo, desembargador Paulo Airton Albuquerque Filho, considerou que “não há como atribuir culpa exclusiva à vítima ou a terceiro, já que compete ao Estado do Ceará promover a segurança e zelar pela integridade física e moral de todos os detentos sob sua custódia”.

Além disso, o desembargador levantou que o laudo do exame cadavérico atestou que o detento sofreu lesões causadas por terceiros, e a morte foi ocasionada por asfixia e tentativa de esganadura. A necropsia também indicou que o preso foi vítima de violência sexual quando estava vivo.

O POVO Online procurou a assessoria de imprensa da Casa Civil e aguarda retorno. 

FONTE: O POVO

Continua mistério sobre rapto de criança em Fortaleza- CE. Buscas recomeçam nesta quarta-feira




Menina desaparecida
Debóra Lohany sumiu na segunda-feira. As buscas estão sendo feitas pelos Bombeiros e Ciopaer 

Recomeçam na manhã desta quarta-feira (29) as buscas das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) à criança que está desaparecida desde a noite da última segunda-feira (27), em Fortaleza. A menina Débora Lorrany dos Santos, de apenas 4 anos de idade, supostamente foi vítima de um rapto. Até agora seu paradeiro é desconhecido. 

Na tarde desta terça-feira (28), a Polícia Civil, através da Delegacia de Combate aos Crimes de Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), começou a ouvir pessoas que possam dar informações sobre o fato. A mãe da menina, Daniele dos Santos, e um suspeito do rapto foram ouvidos naquela Especializada.
No entanto, as suspeitas sobre o homem foram descartadas e ele acabou liberado após o interrogatório. Já a mãe da criança reafirmou que a filha brincava na porta de casa, no bairro Aerolândia, por volta de 20 horas, quando desapareceu. A vizinhança relatou que a menina teria sido levada por um homem desconhecido.

Incursões
O suposto raptor é um indivíduo que só tem uma perna. Ele teria sido visto horas depois com a criança nas imediações do Parque do Cocó.  Ontem, um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foi mobilizado para auxiliar nas buscas.

Bombeiros do Grupamento de Busca e Salvamento Major Rosana Busson (GBS) estiveram à frente das incursões na mata do Parque do Cocó e próximo ao Lagamar. Também vistoriaram um galpão abandonado na Avenida Governador Raul Barbosa, mas não localizaram a menina. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Em 24 horas, sete pessoas são executadas sumariamente por ordem do tráfico




Quixeré - ficha
Em Quixeré, três pessoas foram executadas a tiros em uma residência
Sete pessoas foram executadas sumariamente nas últimas 24 horas em homicídios misteriosos no Interior do estado e na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A Polícia suspeita que os crimes tenham ligação com o tráfico de drogas.  Em um deles, três pessoas acabaram fuziladas dentro de uma residência. Eram mãe, filho e um amigo da família. 

O triplo homicídio ocorreu na tarde desta terça-feira no Município de Quixeré, na Região do Vale do Jaguaribe (a 218Km da Capital). Conforme apurou a Polícia, bandidos armados invadiram a residência localizada na Rua João Alves Carneiro, bairro Matadouro, na periferia daquela cidade e mataram as três pessoas, com tiros de pistola e de escopetas.

As vítimas foram identificadas pela Polícia como, a dona de casa Jardelisa Guimarães de Oliveira, 60 anos,  conhecida por “Mocinha”, natural de Pedra Branca; o filho dela, Raimundo Edivandro Guimarães Silva, 23 anos, conhecido por “Paizinho”, natural de Limoeiro do Norte; e o amigo da família, Carlos Ramon Lima Oliveira, 24 anos, natural de Quixeré.
No local do triplo assassinato, as autoridades encontraram cápsulas de pistolas e balotes de escopeta calibre 12. Os vizinhos não quiseram falar, temendo represálias dos criminosos. Os corpos foram encaminhados o Núcleo da Perícia Forense (Pefoce) de Quixeramobim.

Mais execuções
Em Pacatuba, na RMF, dois jovens foram executados a tiros na madrugada da terça-feira (28). O crime ocorreu no interior de uma residência na Rua 86 do Conjunto Jereissati II. Conforme o relato de vizinhos, era por volta de 4h30, quando foram ouvidos muitos tiros no interior da casa invadida pelos criminosos. No local, foram assassinados os irmãos Ronaldo e Romário Alves Batista.
No bairro Passaré,  na zona Sul de Fortaleza, o corpo de um jovem foi encontrado crivado de balas em um matagal, na manhã de ontem. A Polícia suspeita que o crime tenha ligação com outras três execuções sumárias ocorridas no mesmo bairro no fim de semana passado.

Na cidade do Crato, na Região do Cariri (a 540Km de Fortaleza), um jovem identificado como Antônio Eduardo de Souza, 25 anos, ex-presidiário, foi morto com cerca de 14 tiros. O crime ocorreu por volta de 22 horas de ontem, em pleno Centro da cidade.  O rapaz ainda tentou fugir dos assassinos e pulou nas águas do Rio Granjeiro, próximo à sede da Prefeitura, de onde foi retirado por populares, colocado numa viatura da PM  e levado para o hospital, mas não resistiu. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Triplo homicídio em Quixeré- CE e 12 execuções na Capital e RMF




Um triplo homicídio ocorrido, ontem, em Quixeré (a 176Km de Fortaleza) está sendo investigado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Russas. O crime com ampla repercussão na Região do Vale do Jaguaribe vitimou mãe, filho e um amigo da família. Policiais militares do Destacamento local confirmaram a morte das três pessoas.

Segundo informações da Polícia, quatro suspeitos participaram da execução. A mãe teria corrido e entrado em uma casa próxima à dela, mas foi alcançada e morta, alvejada, juntamente com a terceira vítima. O crime ocorreu por volta das 13 horas.

As vítimas foram identificadas como Carlos Ramon Lima Oliveira, 24 anos; Jardelisa Guimarães de Oliveira, 60 anos, conhecida como 'Mocinha', e o  filho dela, Raimundo Edvandro Guimarães Silva, 22 anos, conhecido como 'Paizinho'. Os corpos foram encaminhados para o Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) de Russas.

Um tenente da 4ª Cia do 1º BPM (Limoeiro do Norte), que conversou com a reportagem, disse que o caso está sendo investigado e que a motivação ainda não está clara. Segundo ele, nenhum suspeito do crime foi identificado até o momento.

Violência

Na Capital e Região Metropolitana, a segunda-feira (27) foi violenta. De acordo com relatórios da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), aconteceram 12 homicídios, nove deles durante a noite.

As ocorrências registradas durante a manhã e tarde ocorreram na Rua Agapito dos Santos, Centro, e a vítima foi um homem não identificado. Na Rua Eudes Cardoso, em Messejana, um adolescente foi morto; e na Rua Júlio Azevedo, no bairro Papicu, um homem identificado apenas como Wallyson, foi a vítima.

Durante a noite, houve uma sequência de homicídios. O primeiro aconteceu no bairro Bonsucesso e vitimou Marcos Vinícius da Silva Sousa, Já Bruno Arruda Reis Rodrigues foi morto a tiros, no Parque das Nações, em Caucaia. Também em Caucaia, na Rua Simão Paulino, em Iparana, um homem não identificado foi assassinado.

Em Maracanaú, um adolescente foi assassinado e na Rua Raimundo Pereira Lima, na localidade de Aningas, em Horizonte, um homem identificado como Francisco acabou morto.

Na Travessa São Tomé, Álvaro Weyne, um jovem chamado Inácio foi executado. No bairro Sapiranga, uma pessoa morreu e outra foi ferida em um tiroteio.

Na Barra do Ceará foram duas ocorrências com dois mortos. As vítimas foram identificadas como Jorge de Sousa, assassinado em um motel, e Inácio de Sousa Feitosa, executado na porta do apartamento que morava.

   Fonte: DN/ERIVANDO LIMA

Juíza explica que apenados serão libertados mediante rígida avaliação do Mutirão Carcerário e usarão tornozeleiras eletrônicas




Luciana Teixeira
A juíza de Direito, Luciana Teixeira, explica que os presos receberão acompanhamento e participarão de projetos que permitam sua ressocialização, com oportunidades de estudo e trabalho, além do monitoramento eletrônico

Cerca de 150 apenados com direito à progressão de regime devem beneficiados com o Mutirão Carcerário que está sendo realizado no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira Dois (IPPOO 2), no Município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, até amanhã (30).  Todos deverão sair da cadeia usando tornozeleiras eletrônicas e passarão a ser monitorados 24 horas pela Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus). 

Grande parte dos presos vai deixar a prisão por conta de uma decisão adotada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), órgão maior da Justiça brasileira.  A Súmula 56, com caráter vinculante, de junho de 2016, determina que os apenados com direito ao semiaberto não podem permanecer encarcerados em estabelecimentos inadequados para cumprimento de tal regime, nem juntos com detentos em regime mais gravoso (fechado).
A juíza de Direito Luciana Teixeira, da Vara das Execuções Penais do Ceará, que coordena o mutirão, esclarece que durante o trabalho no IPPOO 2, estão sendo analisados cerca de 500 processos, mas que o número de apenados a serem libertados vai girar entre 100 a 150. Somente serão soltos os que  têm direito à progressão de regime pelo tempo que já cumpriram da pena. Além disso, outros rígidos critérios estão sendo levados em consideração na avaliação.

Trabalho e estudo
Luciana Teixeira explica que entre tais critérios estão o comportamento do apenado no decorrer do cumprimento da pena, o tipo e gravidade do crime que ele cometeu, a não reincidência e as oportunidades que serão dadas para que o mesmo tenha estudo e/ou trabalho.

Conforme a magistrada, todos os presidiários que ganharão a liberdade serão encaminhados à práticas de ressocialização. Ela cita o projeto “Aprendizes da Liberdade” e as atividades da associação “O caminho”, além da própria Sejus, através de sua Coordenadoria de Inclusão do Preso e do Egresso (Cispe). Os apenados receberão acompanhamento psicológico, terão oportunidades de estudar e participar de cursos profissionalizantes. Sairão do presídio com roupas doadas pela iniciativa privada e até vale-transporte.

“O objetivo não é esvaziar presídio nem sanar a superlotação, até porque quando esses 150 saírem, logo chegarão outros, pois as delegacias (de Polícia ) estão lotadas aguardando vagas para mais pessoas dentro do Sistema Penitenciário. O que o Mutirão busca não é esvaziamento de cadeias, mas aplicar a lei e ser justo, evitando que presos com bom comportamento, com direito a progressão de regime não sejam contaminados por aqueles periculosos. Precisamos separar  e preparar aqueles que podem ser recuperados, que demonstram aptidões e, assim, retornarem retornar paulatinamente à sociedade”, destaca.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

terça-feira, 28 de março de 2017

Cearense vai para São Paulo para fugir de desavença, mas acaba morto




O homem largou a vida que tinha no Ceará e veio com a companheira e a mãe para São Paulo na tentativa de fugir da morte. Porém, a vítima foi caçada na capital paulista e levou 11 tiros.
Uma discussão entre dois homens naturais de Tauá terminou em homicídio em Paulínia no interior de São Paulo.

Segundo informações da polícia, na madrugada do último domingo (26), a vítima o eletricista Manoel Osvaldo Mendes, 53 anos, participava de um churrasco na casa do acusado, Antonio Vieira do Nascimento Filho, 35 anos, quando teria mexido com  mulheres que participavam da festa e foi reclamado  pelo dono da casa, provocando uma discussão.

A vítima teria atacado com uma faca o acusado, que teria revidado com um pedaço de pau. O homicídio ocorreu na Rua Armando Furlan, no Residencial Viacava São José.


O acusado fugiu do local, sendo preso posteriormente pela PM e conduzido para o 2º Distrito Policial de Campinas.

Reproduzido por MassapeCeara
Fonte:noticias.band.uol.com.br/varjotanoticias

Polícia prende, Justiça solta: até quinta-feira, 500 bandidos presos no IPPOO 2 voltarão às ruas




Cela vazia 3 - boa
Enquanto a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) corre para prender e tirar das ruas bandidos que inquietam  a população, matando e roubando os cidadãos, outra secretaria do estado, a de Justiça e da Cidadania (Sejus), faz o percurso inverso: corre para soltar aqueles que estão atrás das grades .

Isso vai acontecer a partir desta terça-feira (28), quando a Sejus, em parceria com a Defensoria Pública do Estado e o Tribunal de Justiça do Estado (TJCE), inicia mais um mutirão carcerário, com o objetivo de “reduzir a população carcerária”, conforme o próprio órgão informou em seu site.

 O alvo da ação dois três órgãos serão os detentos hoje estão recolhidos no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira Dois (IPPOO 2), no Município de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).  Cerca de 500 presos, entre homicidas, traficantes de drogas, latrocidas, assaltantes, estupradores, seqüestradores e golpistas poderão ganhar a liberdade até quinta-feira (30) e já estarão soltos no próximo fim de semana.

Tornozeleiras
Ainda de acordo com a Sejus, em seu comunicado no site da instituição, os presos que serão postos nas ruas serão beneficiados com a progressão de regime, passando do aberto para o semiaberto. Uma equipe do setor de monitoramento estará presente no mutirão para “acelerar as decisões judiciais que indicarem o uso de tornozeleiras eletrônicas.

O objetivo da Sejus é claro: quer reduzir o número de detentos nos presídios. “a ação ameniza um dos maiores problemas do Sistema Penitenciário, que é a superlotação”confirma André Campos, advogado da Sejus.
O mutirão começa nesta terça-feira às 9h30.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Projeto sobre abuso de autoridade pode acabar com programas policiais



 

Texto pune com 1 a 5 anos de prisão e multa quem “constranger o preso ou detento” a ser fotografado ou filmado pela imprensa

 

Os programas policiais podem estar com os dias contatos. O artigo 11 do projeto de lei que define os crimes de abuso de autoridade, de autoria do senador Renan Calheiros (PMDB), pune com 1 a 5 anos de prisão e multa quem “constranger o preso ou detento” a “participar de ato de divulgação de informações aos meios de comunicação social ou ser fotografado ou filmado com essa finalidade”.

O projeto está na pauta da próxima reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), marcada para amanhã (29), às 10h. A matéria faz parte da cruzada iniciada por Calheiros contra o Judiciário quando ainda presidia o Senado, após a Polícia Federal deflagrar ação contra a polícia legislativa, que estava usando equipamento da Casa para remover escutas e câmeras instaladas pela operação Lava Jato.
FONTE: CEARÁ NEWS 7

Bandidos invadem motel e matam homem em noite sangrenta com 10 homicídios no Ceará




Motel
Bandidos armados invadiram o motel, mataram o recepcionista e tentaram incendiar o prédio

Uma sequência de assassinatos marcou a noite de segunda-feira (27) na Capital cearense e no Interior do estado. Pelo menos, 10 casos de homicídios foram registrados pelas autoridades policiais. Somente em Fortaleza, foram cinco execuções sumárias no intervalo de apenas quatro horas. 

Na Barra do Ceará, na zona Oeste da cidade, dois assassinatos foram praticados na noite passada. Por volta de 20 horas, bandidos armados invadiram um condomínio de apartamentos populares do projeto “Minha Casa, Minha Vida”, conhecido como Comando Vermelho, na Avenida Francisco Sá, e mataram um jovem com vários tiros de pistola.

Cerca de 40 minutos depois, um motel localizado na Avenida Radialista José Limaverde  foi atacado por bandidos armados, que mataram um funcionário e, em seguida, tentara incendiar o estabelecimento. A vítima era o recepcionista Carlos Sérgio da Rocha, 60 anos, que estava trabalhando naquele momento e tentou impedir a invasão dos delinqüentes.

Mais crimes
Após as duas execuções na Barra do Ceará, a Polícia fez o registro de mais três homicídios na Capital, além de mais dois na Região Metropolitana de Fortaleza. Os crimes ocorreram nos bairros Bonsucesso, Edson Queiroz e Sapiranga-Coité, além de Caucaia e Horizonte.

Na Sapiranga-Coité, um tiroteio envolvendo gangues na comunidade conhecida como Muro Alto, deixou um jovem morto. Era por volta de 22 horas quando ocorreu o confronto. Um morador identificado apenas por Carlos Júnior  foi baleado e morreu no local, enquanto um tio dele, conhecido por “Louro”, ficou ferido e foi socorrido pelos vizinhos para um hospital.
No Distrito de Aningas, em Horizonte (a cerca de 15Km da sede),  um homem acusado de estuprar uma criança, acabou sendo morto na noite desta segunda-feira. Vítima foi executada com vários tiros.

Interior
Ao menos, três homicídios foram registrados no Interior nesta segunda-feira, nos Municípios de Trairi, Quixadá e Iguatu.
Em Iguatu (a 377km de Fortaleza), o crediarista Gilmárcio Cândido de Jesus, 32 anos, natural de Acopiara, foi morto com cinco tiros quando se encontrava bebendo em um bar no bairro  Areias. Segundo o relato de testemunhas, o bar foi invadido por quatro homens armados que chegaram ali em um veículo Celta prata. As suspeitas são de um caso de vingança. Gilmárcio era acusado de matar um tio de um dos assassinos.

Já no Município de Quixadá, no Sertão Central (a 154Km de Fortaleza), o ex-presidiário e ex-mototaxista Francisco Reginaldo Feitosa de Sousa, foi baleado e morto, por volta de 20 horas, no bairro Campo Novo. Ele ainda chegou a ser socorrido para o hospital da cidade, mas não resistiu. Reginaldo havia saído da cadeia recentemente. Em 2012 foi condenado a 13 anos de reclusão por participação na morte do vereador e secretário municipal de Esportes de Quixadá, Gean Silva, morto em janeiro daquele ano.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Criminosos assaltam agência dos Correios e fogem com reféns em Madalena- CE





Porta de vidro da entrada dos Correios foi quebrada durante ação criminosa (Foto: WhatsApp/O POVO Online)
Funcionários e clientes da agência dos Correios em Madalena, interior do Ceará, foram surpreendidos por um assalto na tarde desta terça-feira, 28. Os criminosos fugiram do local levando dois reféns. Segundo O POVO Online apurou, os suspeitos efetuaram disparos durante ação, mas ninguém ficou ferido.

Os reféns levados pelo grupo, segundo o tenente-coronel Lyndon Johnson - comandante da região -, foram liberados em uma estrada carroçal. O carro utilizado na fuga, um modelo Fiat Uno de cor vermelha, foi abandonado pelos assaltantes e apreendido pela Polícia.


A quantia em dinheiro levada pelos criminosos não foi divulgada. As informações apuradas pela Polícia Militar dão conta de que quatro homens agiram no assalto. A PM realiza buscas na região para capturar os suspeitos.


FONTE: O POVO

Em apenas três meses, 88 adolescentes e duas crianças foram assassinados no Ceará




Violência armada no Estado não poupa a juventude e nem mesmo a infância. O tráfico não perdoa e elimina um menor a cada 24 horas no Ceará
 
 As mães são as que mais sofrem ao encontrar seus filhos mortos nas ruas

A cada intervalo de 24 horas, um adolescente é assassinado no Ceará. A média de um crime do gênero por dia é registrada desde o início do ano. Em 85 dias de 2017 (de 1º de janeiro a 26 de março), 88 adolescentes e duas crianças foram mortos no estado, em crimes de homicídio, latrocínio ou lesão corporal seguida de morte, os CVLIs (Crimes Violentos, Letais e Intencionais).

Os dados foram extraídos das  estatísticas oficiais e publicadas no site da própria Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e mostram que o mês de janeiro foi o que apresentou, até agora, no ano, o maior número de mortes violentas de crianças e adolescentes no estado. Foram 36 vítimas, entre elas, um garoto de apenas 11 anos de idade, assassinado, a tiros, no dia 29 de janeiro, na Rua Tomas Edison, no bairro Itaoca, em Fortaleza.

Em fevereiro, mais 26 garotos e garotas, com idades entre 12 e 18, anos incompletos foram executados sumariamente.
Já no mês de março, no intervalo entre os dias 1º e 26, mais 28 mortes violentas, sendo 27 adolescentes e uma criança de apenas 7 anos de vida, o pequeno Pedro Henrique Lima dos Santos, morto a golpes de faca na madrugada do último dia 19, na casa de seus pais, na cidade de Uruburetama (a 109Km de Fortaleza).

Vítimas
Entre os 88 menores mortos figuram na lista três garotas. Geysa Araújo de Menezes, que tinha 17 anos, foi morta a facadas no dia 11 de  janeiro na cidade de Nova Russas (299Km de Fortaleza).  Já no dia 18 também de janeiro, Maria Jeziane Pinheiro de Menezes, 16 anos, foi assassinada, a golpes de faca, em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a 55 quilômetros da Capital.

A adolescente Ana Carolina Rodrigues dos Santos, que tinha apenas 15 anos, também é uma das vítimas da violência.  Passavam poucos minutos das 16 horas do dia 5 de março último, quando em meio a um tiroteio de gangues, a estudante foi morta na porta de casa, na Rua Ayrton Senna, no bairro Jangurussu.

A mais recente vítima da violência foi a jovem Rayane de Sousa Silva, 16 anos. Na tarde do último domingo (26), ela acabou sendo morta pelo próprio namorado, um garoto da mesma idade com quem vivia maritalmente. Ele disparou um tiro na cabeça dela. O crime ocorreu na casa onde os dois moravam juntos, no bairro Várzea Alegre, na cidade de Russas (a 163Km da Capital).  O rapaz acabou apreendido pela Polícia Militar e alega que o tiro foi acidental.

FONTE: CEARÁ NEWS7

Mototaxista é assassinado a tiros em Quixadá- CE






Mototaxista condenado por homicídio de vereador é assassinado em Quixadá
O mototaxista Francisco Reginaldo Feitosa Sousa, 43 anos, foi assassinado a tiros no início da noite desta segunda-feira (27) em Quixadá. O crime ocorreu no bairro Campo Novo, na frente da residência da mãe da vítima. Ele ainda foi socorrido ao Hospital Municipal Dr. Eudásio Barroso, onde morreu quando recebia os primeiros socorros.

De acordo com os levantamentos preliminares realizados pela Polícia a vítima foi atingida por dois tiros, um no tórax e outro no baço. Os disparos foram efetuados por um homem que na companhia de outro se aproximou da vítima à pé. Após os tiros os criminosos correram para um matagal.
Francisco Reginaldo cumpria pena pelo assassinato do vereador José Jean da Silva Pereira. O crime ocorreu no dia 12 de janeiro de 2012, também em Quixadá. Na época, o vereador, com 31 anos, era o secretário de Esportes e Juventude de Quixadá. A Polícia Civil apurou que o motivo foi passional.

Condenado a 13 anos de prisão Francisco Reginaldo cumpria o restante da pena em regime semi-aberto. O benefício foi concedido pela Justiça por bom comportamento. Os motivos do crime ainda são desconhecidos. O delegado regional da Polícia Civil, em Quixadá, Marcus Damasceno, presidirá as investigações.

Fonte:Diário Sertão Central/ ERIVANDO LIMA

Policia desarticula quadrilha em São João do Jaguaribe CE




A equipe da policia militar da 4ª companhia de Limoeiro do norte pertencente o 1º Batalhão de policia militar no vale do Jaguaribe, desarticulou na manhã de hoje terça 28 na cidade de São João do Jaguaribe parte de uma uma quadrilha que vinha agindo no vale Jaguaribano. Entre as pessoas presas foi apreendida uma menor que faz parte do grupo. 

A policia conseguiu apreender varias armas de fogo entre elas uma espingarda calibre 12, munição, revolveres, apare lhos de celular, colite, fardas camuflada da PM, forno microondas, três motos etc. aA operação foi comandada Major R. Menezes, equipes do FTA, RONDA, BP RAIO E PARCERIA COM A POLICIA CIVIL.o caso foi levado para a DRPC de Russas e foi entregue o delegado Dr; Bruno Silva, onde estar sendo feito os procedimentos.

FONTE:Blog Erivando Lima

segunda-feira, 27 de março de 2017

Prefeito de Morada Nova acusa Rede Globo de "fazer contrato" para prejudicá-lo




Tanto o Ministério Público quanto a Polícia Federal já têm provas que ligam Wanderley a empréstimos fraudulentos. Ele está envolvido em calote de R$ 41 mi ao BNB, além de ser investigado na Lava Jato
 




O prefeito de Morada Nova, Wanderley Nogueira (PT), foi o personagem principal do  quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, nesse domingo (26), no Fantástico. Ele está envolvido em um calote de R$ 41 milhões ao Banco do Nordeste, além de ser um dos investigados na Operação Lava Jato. Mesmo com esse currículo, Wanderley usou o Facebook para dizer que a reportagem “é mais um ‘tiro que sai pela culatra’, ao invés de atingir o alvo, o projétil ardil esfacela-se em meio aos derrotados”.


Se o prefeito  acha que a reportagem foi comprada e não surtiu efeito, basta ler os comentários abaixo de sua postagem. Aqui é apenas um exemplo.

Em nota ao Fantástico, o advogado de Wanderley afirmou que caso haja alguma acusação formal será a oportunidade para demonstrar a sua defesa e, consequentemente, a sua inocência.

Tanto o Ministério Público quanto a Polícia Federal já têm provas que ligam Wanderley a empréstimos fraudulentos no Banco do Nordeste.
Assista à íntegra da reportagem do Fantástico


FONTE: CEARÁ NEWS7

Secretário anuncia mais policiais e novas viaturas para conter a violência no estado



 

No fim de semana, o delegado André Costa voltou às ruas para acompanhar ações policiais. Ele afirma que conta com o apoio dos “cidadãos de bem” 
 

 André Costa posou para foto ao lado do "Humaitá", o caveirão do Batalhão de Choque



Trezentas novas viaturas e mais 1.400 policiais militares (soldados), além de um reforço no contingente das delegacias da Polícia Civil. Estas são as fichas da aposta que o secretário da Segurança Pública do Ceará, delegado federal André Costa, faz para reduzir a violência e a criminalidade no estado até o fim do ano.

Novamente, Costa usou as redes sociais neste fim de semana para transmitir aos cearenses uma mensagem de otimismo em relação à Segurança Pública. Segundo ele, esse aparato deverá está em breve nas ruas da Capital, Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior do Estado para atuar no combate ao crime.

“O desafio é grande, os problemas são muitos, mas estamos no caminho. Ainda faremos três meses de trabalho. Eu, os grandes  comandos e toda a tropa estamos unidos, trabalhando de domingo a domingo para defender para defender os cidadãos de bem. Todos juntos nas ruas”, conclamou.

Recebe apoio
O secretário relatou também na sua postagem no facebook o apoio que tem recebido da sociedade. “Estou atento aos bairros da cidade (Capital), da Região Metropolitana (de Fortaleza) e do Interior. Estamos trabalhando e fazendo o melhor… O trabalho só está dando certo porque estou recebendo o apoio quase que integral da população, de pessoas de bem, trabalhadores, aposentados, estudantes, comerciantes, advogados, servidores públicos e, em especial, conto com o apoio dos policiais”, destacou o delegado-secretário.

E por fim, arrematou: “Assim, iremos longe. Tenho firme confiança nisso. Cada dia mais motivado, dedicado e focado nas missões. Estamos Juntos!”.

André Costa esteve novamente nas ruas da Capital no fim de semana e acompanhou várias operações da PM, Polícia Civil e Perícia Forense (Pefoce) em diversos bairros. Ele relatou também na sua postagem que, no bairro Canindezinho foram abordados dois homens que estavam dentro de um coletivo armados com facas. Segundo ele,  a dupla faria vítimas do roubo cerca de 40

FONTE: CEARÁ NEWS7

Farra de "paredões" termina com tiros, pedradas e garrafadas contra PM e Guarda




Agentes usaram balas de borracha para conter baderneiros na noite do domingo, no Conjunto José Walter em Fortaleza- CE. Depois do incidente, um posto de saúde foi atacado a tiros 
 
 
 Vários paredões acabaram sendo apreendidos mesmo com a resistência dos donos 

Com uma chuva de pedras e garrafas e até mesmo tiros. Assim foram recebidos guardas municipais de Fortaleza e policiais militares na noite deste domingo (26) em uma praça na Avenida A do Conjunto José Walter, na zona Sul da Capital, onde baderneiros promoviam um festival de paredões de som.  Para conter os desordeiros e não ficarem desmoralizados, os agentes responderam à altura, com disparo de balas de borracha.

O incidente ocorreu quando uma equipe de fiscalização da Inspetoria de Proteção Ambiental (IPAM), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMC) foi acionada para acabar com a farra dos paredões, num autêntico desrespeito aos moradores daquela comunidade e numa afronta à lei.

Quando a primeira equipe apareceu, foi recebida com pedradas, garrafadas e até tiros. Foi pedido reforço e logo foram enviadas ao local viaturas da própria GMF pertencentes às inspetorias de Proteção Urbana (Iprotu), de Terminais (Iterm) e de Segurança Viária (ISV), além de patrulhas do  Batalhão de Policiamento Comunitário/BPCom (Ronda do Quarteirão) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG), da Polícia Militar.

Borracha
“As equipes que chegaram no apoio também foram recebidas a pedradas, garrafadas e até mesmo disparos de armas de fogo em direção aos guardas”, consta em relatório.
Depois de muitos disparos com munição não-letal (balas de borracha), o resultado foi a apreensão de quatro paredões e o fim da baderna. Os moradores aplaudiram de pé a ação da Guarda Municipal e da Polícia Militar, pois segundo eles, todos os domingos a farra dos paredões acontecia no local, provocando vários delitos como prostituição de menores, tráfico de drogas e perturbação do sossego alheio.
Ainda de acordo com relato da GMF, mesmo após a operação, um posto de saúde  próximo dali foi atacado a tiros, supostamente, em represália à ação das autoridades contra a baderna dos paredões.

FONTE: CEARÁ NEWS7

Preso no fim de semana jovem suspeito de matar bombeiro militar




 

Militar foi assassinado a tiros na semana passada ao tentar impedir que a filha e o neto fossem sequestrado por um traficante de drogas 
 
 Jorge Mairon Teixeira foi preso no bairro Jangurussu, em Fortaleza FOTO: Divulgação

Uma denúncia levou a Polícia Militar a capturar, no fim de semana, um dos suspeitos de envolvimento no assassinato do subtenente da Reserva Remunerada do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBM-CE), Francisco Luciano Ferreira Gadelha, 50 anos. O crime ocorreu na semana passada, no Município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Policiais militares foram até o bairro Jangurussu (zona Sul da Capital) e prenderam Jorge Mairon Teixeira da Silva, 20 anos, que confessou ter participado do assassinato do militar, juntamente com o traficante de drogas e homicida Jangledson de Oliveira, o “Ném”, que continua foragido.
Para chegar ao suspeito, a Polícia havia localizado o automóvel usado na fuga dos criminosos. No carro estavam um homem e duas mulheres. Ao ser indagado sobre a origem do carro, o motorista revelou que havia comprado por R$ 5 mil e deu o nome da pessoa que lhe vendera: era Jorge Mairon.

Tiros
Imediatamente, os policiais seguiram para o endereço dele e o encontraram na rua, pedalando uma bicicleta. Detido e algemado, Jorge Mairon confessou que no dia crime, na última quarta-feira (22), estava em companhia de “Ném” quando este seguiu até a casa do bombeiro militar, no Conjunto Jereissati, em Maracanaú, e passou a discutir com a filha deste, com quem tivera um relacionamento e um filho.  Quando o casal estava batendo boca, o subtenente tentou intervir e “Ném” ordenou que Jorge Mairon  atirasse no militar. O subtenente ainda foi socorrido por vizinhos, mas não resistiu.

Em seguida, os dois bandidos fugiram no carro levando a filha do bombeiro como refém, além da criança, que foram deixados, depois, na CE-040, em Beberibe (a 95Km de Fortaleza).  Jorge Mairon retornou  para Fortaleza e tratou de vender o carro usado na fuga, por R$ 5 mil. Já o comparsa, eguiu na fuga em direção ao Rio Grande do Norte, onde também é caçado.

FONTE: CEARÁ NEWS7

sexta-feira, 24 de março de 2017

Duas mulheres são assasinadas no Cariri em 48 horas. No ano, já são 33 casos no Ceará




Matou a mulher 2
Geovane dos Santos: preso após matar a esposa, em Barbalha FOTO: site miséria.com

Em menos de 48 horas, duas mulheres foram brutalmente assassinadas na Região do Cariri (Sul do estado). Com os dois recentes registros, subiu para 33 o número de mulheres mortas, neste ano, no  Ceará em menos de três meses.
O primeiro crime ocorreu no Município de Jati (a 539Km de Fortaleza), quando uma dona de casa foi assassinada friamente com tiros na cabeça na presença da filha. As duas foram obrigadas a ficar de joelhos pelos assassinos.
O fato aconteceu na noite de segunda-feira passada (20), na localidade Fazenda Baixa Grande, na zona rural de Jati. Segundo a Polícia, o crime foi praticado por dois homens, prováveis pistoleiros, que chegaram no local perguntando pelo dono da propriedade rural. Como não o encontraram, decidiram matar a mulher dele e tornar a filha testemunha da execução sumária da própria mãe.

Antes de atirar na cabeça de Marlene Maria da Silva, 52 anos, os criminosos obrigaram a mulher e a filha a rezar uma oração. Depois do crime, desapareceram sem deixar pistas.

Outro caso
Já na manhã desta quarta-feira (22), um crime  de morte deixou perplexos e revoltados  os moradores da Rua P-9 do bairro Bela Vista, na periferia da cidade de Barbalha (a 538Km de Fortaleza). Uma mulher de 38 anos, foi assassinada a pauladas enquanto dormia na cama do casal.
O assassino foi o próprio esposo da vítima, o pedreiro Geovane Antônio dos Santos, 31  anos, que fugiu logo após o crime. Contudo, já no fim da tarde de quinta-feira ele acabou preso pela Polícia na cidade de Jardim (a 574Km da Capital). Na delegacia, o suspeito confessou o crime e disse que matou a mulher porque estava noutro quarto dormindo com um amante.

Veja, a seguir, a lista completa dos casos de assassinatos de mulheres no Ceará em 2017:

JANEIRO
1 – (03/01) – Ana Cleide Albuquerque (facadas) – Sede (VARJOTA)
2 – (03/01) – Emanuela Ramos de Oliveira (bala) – Rua Maranguape/Bom Jardim (CAPITAL)
3 – (11/01) – Geysa Araújo de Menezes (facadas) – Sede (NOVA RUSSAS)
4 – (13/01) – Paloma Cristina Pereira Nunes (bala) – Bairro Luiz Alves (LIMOEIRO DO NORTE)
5 – (13/01) – Juliane Mairle da Silva (bala) – Bairro Luiz Alves (LIMOEIRO DO NORTE)
6 – (18/01) – Maria Jeziane Pinheiro de Menezes (facadas) – (SÃO GONÇALO DO AMARANTE)
7 – (20/01) – Margarida da Costa Matos (outros meios) – Av. Sen. Fernandes Távora/Genibaú (CAPITAL)
8 – (21.01) – Rosângela Rodrigues do Nascimento (bala) – R. Desembargador Praxedes/Montese (CAPITAL)
9 – (21/01) – Carleane Rodrigues da Silva (bala) – Rua Rio Araguaia/Jardim Iracema (CAPITAL)
10 – (31/01) – Geralda Gonçalves de Sousa (outros meios) – (AQUIRAZ)

FEVEREIRO
11 – (01/02) – Socorro Gomes Ferreira (esganada) – Sede (QUIXADÁ)
12 – (05/02) – Vítima não identificada (bala) – Rua Luminosa/Granja Portugal (CAPITAL)
13 – (07/02) – Maria Luzanira de Sousa (outros meios) – Sede (MISSÃO VELHA)
14 – (07/02) – Rita Maria Ferreira dos Santos (bala) – Localidade Sítio Campestre (FORTIM)
15 – (18/02) – Vítima não identificada (bala) – Distrito Sucesso (QUIXERÉ)
16 – (19/02) – Francisca Maiara Diógenes Peixoto Borges (bala) – (ALTO SANTO)
17 – (20/02) – Vladna Dimara Araujo Silva (bala) – (JAGUARUANA)
18 – (20/02) – Luzirene da Conceição Rocha (bala) – Av. Perimetral/José Walter (CAPITAL)
19 – (20/02) – Valdirene Nascimento Ribeiro (bala) – R. Sargento Barbosa/Bom Jardim (CAPITAL)
20 – (21/02) – Jucely Alves Arrais (bala) – Zona Rural (AIUABA)
21 – (21/02) – Vítima não identificada (bala) – R. do Patrocínio/B. Pedreiras (CAUCAIA)

MARÇO
22 – (03/03) Maria Duarte de Freitas (faca) – Sede (PARACURU)
23 – (04/03) – Francisca Elivânia Cândido (outros meios) – (MAURITI)
24 – (05/03) – Ana Carolina Rodrigues dos Santos (bala) – R. Ayrton Senna/Jangurussu (CAPITAL)
25 – (05/03) – Irene Ferreira Pinto (faca) – Sede (TRAIRI)
26 – (07/03) – Paula Raiane Gomes da Silva (bala) – (JUAZEIRO DO NORTE)
27 – (09/03) – Sandra Goretti Justino de Lima (bala) – Rua Geraldo Barbosa/Bom Jardim (CAPITAL)
28 – (08/03) – Regivânia Lima Almeida (faca) –  Messejana (CAPITAL)
29 – (11/03) – Anathaxa Herlânia Lessa de Lima (bala) – Rua José Pereira de Abreu (MARANGUAPE)
30 – (13/03) – Francineide Diógenes Pinheiro (outros meios) – Conjunto Jereisssati II (MARACANAÚ)
31 – (15/03) – Sem identificação (faca) – Avenida Gov. Raul Barbosa/Aerolândia (CAPITAL))
32 – (20/03) – Marlene Maria da Silva (bala) – Sítio Baixa Grande (JATI)
33 – (22/03) – Ana Iracélia dos Santos (pauladas) – Bairro Bela Vista (BARBALHA)

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

DHPP prende jovem que atropelou mulher na BR-116, fugiu e ocultou com parte do corpo da vítima




Atropelador 2
Marluan foi detido pela Polícia no Eusébio 
A Polícia Civil deu cumprimento a uma ordem judicial e prendeu nesta quinta-feira (23), no Município do Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), o jovem Marluan Teixeira Freire, 23 anos. Ele é acusado de um acidente de trânsito em que atropelou uma mulher de 52 anos, que teve o corpo partido. Após o desastre, o atropelador fugiu com parte do corpo da pedestre e praticou o crime de ocultação de cadáver. 

Ontem, policiais da Divisão de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP), localizaram Marluan. Ele estava escondido na casa de amigos, na cidade do Eusébio e o levaram para a carceragem daquela Especializada, no bairro de Fátima.  Marluan foi indicado em inquérito pelos crimes de homicídio qualificado, fraude processual e ocultação de cadáver.

Velocidade
O caso ocorreu no dia 12 de março na rodovia federal Santos Dumont, a BR-116, na altura do quilômetro 10, no bairro Messejana. Era por volta das 20 horas, quando Marluan, dirigindo um carro em altíssima velocidade, atropelou a empregada doméstica Francisca Sulamita dos Reis Marques, 52 anos, que atravessava a rodovia na tentativa de voltar para casa após mais um dia de trabalho.

O impacto da colisão do veículo com a pedestre foi tão grande que o corpo de Sulamita foi partido ao meio. A parte inferior foi encontrada no local e o restante somente no dia seguinte em um terreno baldio no bairro Ancuri.

Através de investigações conjuntas entre o Departamento de Inteligência Policial (DIP), DHPP e o 6º DP (Messejana), foi  possível identificar o atropelador e localizar o veículo, que, após ser adulterado, foi deixado em uma oficina mecânica, no bairro Pedras. Pressionado diante da caçada policial no seu encalço, Marluan se apresentou à Polícia dois dias depois do fato e contou a sua versão, chegando a confessar o crime. No entanto, como não havia situação de flagrância nem ordem judicial para prendê-lo, ele foi liberado logo após prestar depoimentos no 30º (São Cristóvão)  e no 6º DP (Messejana).

Contudo, depois disso, fugiu por acreditar que a Polícia iria encaminhar à Justiça o pedido de decretação de sua prisão. Ontem, finalmente, foi localizado e já está atrás das grades. 

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Preso pela PM em Itapipoca- CE o sétimo suspeito da morte do travesti "Dandara"




 

Jean Victor esteve vários dias escondido na cidade de Itarema e, ao tentar fugir em direção à Quixadá, foi interceptado em Itapipoca. Hoje, vai depor na DHPP
 
 Jean Victor da Silva Oliveira é o sétimo envolvido no crime preso pela Polícia

Uma operação da Polícia Militar, realizada no fim da noite desta quinta-feira (23), na cidade de Itapipoca (a 125Km de Fortaleza), terminou na prisão do sétimo suspeito de envolvimento no assassinato de Antônio Cleílson Ferreira Vasconcelos, que era travesti e adotara o nome de “Dandara”.  Parte do crime, ocorrido em Fortaleza em fevereiro último, foi filmada pelos próprios assassinos e as imagens postadas nas redes sociais, o que causou repercussão em todo o País.

Um cerco montado por agentes da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), órgão ligado ao Estado-Maior da PM, e por policiais da 3ª Companhia do 11º BPM (Itapipoca) terminou na captura de Jean Victor da Silva Oliveira. Ele era o último dos suspeitos que ainda não havia sido detido.

O cerco foi montado quando policiais  militares do Destacamento da PM da cidade de Itarema (a 201Km de Fortaleza) receberam  informações de um morador (identidade preservada) revelando que Jean, que havia passado vários dias escondido na casa de amigos, em Itarema,  estaria seguido em fuga  para o Município de Quixadá em um veículo Celta prata, de placas HXI-4021.

Rapidamente, foram iniciadas as buscas na região e o automóvel acabou interceptado pelos PMs ao chegar em Itapipoca.  Ao ser parado pela PM, Victor não reagiu. Com prisão preventiva decretada pela Justiça da Capital,  o suspeito foi conduzido até a Delegacia Regional de Polícia Civil de Itapipoca e, já na manhã desta sexta-feira (24), recambiado para a sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Fortaleza.

Crime filmado
“Dandara” foi espancado e  arrastado pelas ruas do bairro Bom Jardim (zona Sul da capital) na tarde do dia 15 de fevereiro último. Em seguida, já bastante ferido, foi colocado em um carrinho de mão e levado até um terreno baldio localizado na Rua Manoel Galdino, sendo, então, executado com vários tiros disparados à queima-roupa.

Os próprios assassinos filmaram através de celulares as cenas de espancamento antes da execução. A filmagem termina quando o grupo de rapazes coloca “Dandara” num carrinho de mão e segue para o local onde ele seria executado sumariamente. Seis suspeitos, entre eles um adolescente, já haviam sido detidos. Faltava para a Polícia prender o último dos envolvidos, Jean Victor. Não falta mais.

FONTE: CEARÁ NEWS7